A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 19 de Agosto de 2018

14/09/2011 07:59

Operação da PF busca integrantes de 5 quadrilhas de contrabando de cigarro em MS

Paula Vitorino

Montante de cigarros apreendidos supera R$ 11 milhões em sonegação de impostos

Marco 334 na fronteira, que deu origem ao nome da Operação. (Foto: PF)Marco 334 na fronteira, que deu origem ao nome da Operação. (Foto: PF)

A Polícia Federal de Naviraí deflagrou nesta manhã a Operação “Marco 334”, com o objetivo de desarticular cinco quadrilhas de contrabando de cigarros do Mato Grosso do Sul. A ação prevê o cumprimento de 37 mandados de busca e apreensão, 26 mandados de prisão preventiva, 10 de condução coercitiva e seqüestro de 81 contas bancárias, além de móveis em nomes dos integrantes da quadrilha.

De acordo com a PF, os mandados devem ser cumpridos em 10 municípios do Estado, além do município de Guaíra, no Paraná, que faz fronteira com MS e onde a quadrilha mantinha comparsas. Participam da operação 169 policiais e 40 viaturas dos dois Estados.

Os contrabandistas atuavam na divisa do Brasil com o Paraguai, próximo às cidades de Mundo Novo e Eldorado, mas fornecia cigarros para todo Mato Grosso do Sul e os estados de São Paulo, Paraná, Minas Gerais e Goiás.

A operação é resultado de 17 meses de investigações, com 40 inquéritos policiais, que resultaram na prisão de 57 pessoas e apreensão de 72 caminhões e carretas. Entre 2009 e 2010 foram apreendidos 31 milhões de maços de cigarro e só neste ano já são 10 milhões.

Segundo estimativa da Polícia Federal, o cigarro contrabandeado representa a sonegação de mais de R$ 11 milhões em impostos.

Mas as investigações também apontam que a quadrilha comercializa armas, medicamentos, eletrônicos, agrotóxicos e drogas.

A PF ainda não tem resultados da Operação deflagrada hoje, mas espera que até o fim da manhã seja feito o primeiro balanço das apreensões e prisões.

O nome da operação faz menção ao marco número 334, um dos 901 que fazem a divisa do Brasil com o Paraguai. Situado entre as cidades de Mundo Novo/MS e Japorã/MS, ele é um ponto de passagem estratégico para os contrabandistas em geral e, coincidentemente, o número do artigo do código penal brasileiro que criminaliza o contrabando e o descaminho.



finalmente!!! A população honesta de eldorado, se sente incomodada com a vergonha que é ser defrontar a cada dia, com elementos que se acham os donos da cidade, que interditam a passagem de outros veiculos com seus carroes importados. Servem de má influencia para jovens em idade escolar, que veem no contrabando uma forma de ostentar riqueza, mulheres e carroes
Parabens a PF!!!
 
sergio ferreto em 14/09/2011 08:50:56
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions