A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

14/09/2011 07:59

Operação da PF busca integrantes de 5 quadrilhas de contrabando de cigarro em MS

Paula Vitorino

Montante de cigarros apreendidos supera R$ 11 milhões em sonegação de impostos

Marco 334 na fronteira, que deu origem ao nome da Operação. (Foto: PF)Marco 334 na fronteira, que deu origem ao nome da Operação. (Foto: PF)

A Polícia Federal de Naviraí deflagrou nesta manhã a Operação “Marco 334”, com o objetivo de desarticular cinco quadrilhas de contrabando de cigarros do Mato Grosso do Sul. A ação prevê o cumprimento de 37 mandados de busca e apreensão, 26 mandados de prisão preventiva, 10 de condução coercitiva e seqüestro de 81 contas bancárias, além de móveis em nomes dos integrantes da quadrilha.

De acordo com a PF, os mandados devem ser cumpridos em 10 municípios do Estado, além do município de Guaíra, no Paraná, que faz fronteira com MS e onde a quadrilha mantinha comparsas. Participam da operação 169 policiais e 40 viaturas dos dois Estados.

Os contrabandistas atuavam na divisa do Brasil com o Paraguai, próximo às cidades de Mundo Novo e Eldorado, mas fornecia cigarros para todo Mato Grosso do Sul e os estados de São Paulo, Paraná, Minas Gerais e Goiás.

A operação é resultado de 17 meses de investigações, com 40 inquéritos policiais, que resultaram na prisão de 57 pessoas e apreensão de 72 caminhões e carretas. Entre 2009 e 2010 foram apreendidos 31 milhões de maços de cigarro e só neste ano já são 10 milhões.

Segundo estimativa da Polícia Federal, o cigarro contrabandeado representa a sonegação de mais de R$ 11 milhões em impostos.

Mas as investigações também apontam que a quadrilha comercializa armas, medicamentos, eletrônicos, agrotóxicos e drogas.

A PF ainda não tem resultados da Operação deflagrada hoje, mas espera que até o fim da manhã seja feito o primeiro balanço das apreensões e prisões.

O nome da operação faz menção ao marco número 334, um dos 901 que fazem a divisa do Brasil com o Paraguai. Situado entre as cidades de Mundo Novo/MS e Japorã/MS, ele é um ponto de passagem estratégico para os contrabandistas em geral e, coincidentemente, o número do artigo do código penal brasileiro que criminaliza o contrabando e o descaminho.

MEC deve homologar Base Comum Curricular na próxima quarta-feira
O Ministério da Educação informou que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada hoje (15) pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), deve ser ...
Presos da penitenciária federal da Capital são julgados por crime em RN
Um preso custodiado no presídio federal de Campo Grande foi julgado, ao lado de outros três homens, na quinta-feira (14) e nessa sexta-feira (15) por...


finalmente!!! A população honesta de eldorado, se sente incomodada com a vergonha que é ser defrontar a cada dia, com elementos que se acham os donos da cidade, que interditam a passagem de outros veiculos com seus carroes importados. Servem de má influencia para jovens em idade escolar, que veem no contrabando uma forma de ostentar riqueza, mulheres e carroes
Parabens a PF!!!
 
sergio ferreto em 14/09/2011 08:50:56
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions