A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 15 de Outubro de 2018

02/10/2018 11:59

PF apreende santinho com nome de Lula em 5 cidades de MS

Diligências são realizadas na Capital e em 4 cidades do interior de Mato Grosso do Sul para cumprir mandados de busca e apreensão

Izabela Sanchez
santinhos dos candidatos do PT, apreendidos no dia 28 de setembro, por informar Lula como candidato à presidência (Divulgação/MPE)santinhos dos candidatos do PT, apreendidos no dia 28 de setembro, por informar Lula como candidato à presidência (Divulgação/MPE)

A Polícia Federal está nas ruas, nesta terça-feira (2), para cumprir 12 mandados de busca e apreensão de materiais de campanha que informam o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva como candidato. Os policiais fazem buscas em Campo Grande, Dourados, Três Lagoas, Corumbá e Mundo Novo. O material é ilegal, já que Lula teve registro indeferido pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Os mandados foram expedidos pelo TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral) e derivam de representação da Procuradoria Regional Eleitoral.

Lula candidato - Na segunda-feira (1), A Polícia Civil de Cassilândia, a 418 km de Campo Grande, apreendeu com uma professora de 70 anos material de campanha do PT por citação ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O petista teve candidatura indeferida pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) após ser condenado e preso na Lava Jato.

Herminia Weijenborg Groot é holandesa e militante do PT. De acordo com a Polícia Civil, a professora universitária foi conduzida até a delegacia por distribuição de santinhos com a foto do ex-presidente.

No dia 28, pelo mesmo motivo, a Justiça Eleitoral de Mundo Novo – a 476 km de Campo Grande– autorizou busca e apreensão de materiais de campanha de candidatos que continham o nome do ex-presidente Lula. A decisão do juiz Guilherme Henrique Berto de Almada atendeu representação da promotora eleitoral Karina Vedoatto.

Conforme o Ministério Público Eleitoral, os candidatos a deputado estadual Alisson Thiezan Biazussi (PT), Vander Loubet (deputado federal petista e que tenta a reeleição), a senador Zeca do PT e Mario Cesar Fonseca da Silva (PC do B) e a governador Humberto Amaducci (PT) realizaram propaganda eleitoral irregular por meio da entrega de santinhos que levavam, além dos nomes dos candidatos, o de Lula ao cargo de Presidente da República, em afronta ao TSE.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions