A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

16/04/2008 13:18

PF ouve agentes que trabalhavam quando houve atentado

Redação

Agentes penitenciários federais que trabalhavam quando houve o atentado à Penitenciária Federal de Campo Grande são ouvidos pela PF (Polícia Federal)  nestes primeiros dias de investigações sobre o ataque, ocorrido na noite de domingo, 13.

As informações prestadas por eles são essenciais para a investigação. Uma testemunha que disse ter visto um carro dando fuga aos atiradores também será ouvida. A PF tem 30 dias para concluir o inquérito. Peritos já fizeram varreduras ao redor do presídio e recolheram diversos materiais, que estão sendo analisados.

O juiz federal e corregedor do presídio, Odilon de Oliveira, disse que já há suspeitos para o atentado. Ele não detalha quem seriam. O juiz e o Depen (Departamento Penitenciário Nacional) confirmam que o atentado foi uma tentativa de resgate de preso.

Câmara Federal regulamenta carreira dos agentes comunitários de saúde
Com a presença de agentes comunitários nas galerias da Câmara, os deputados federais concluíram hoje (12) a votação do projeto de lei que regulamenta...
Anvisa libera serviço de vacinação em farmácias de todo o país
Farmácias e drogarias de todo o país vão poder oferecer o serviço de vacinação a clientes. A possibilidade foi garantida em resolução aprovada hoje (...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions