A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

06/04/2010 15:27

PM registra queda de 56% no número de homicídios

Redação

Dados do Ciops (Centro Integrado de Operações de Segurança) apontam redução de 56,3% no número de homicídios dolosos, quando há intenção de matar, neste mês de março em comparação com o mesmo período do ano passado, em Campo Grande.

O número de casos caiu de 16 para sete. De acordo com o comandante da PM, coronel Carlos Alberto David dos Santos, essa queda deve-se à maior presença de policiais pelas ruas da cidade.

"Os homicídios diminuíram, o assalto em coletivos também. Estamos com os policiais nas ruas fazendo abordagens e apreendendo maior número de armas. Só neste feriado abordamos cerca de 700 pessoas em Campo Grande e cumprimos 18 mandados de prisão", conta.

Além das mortes, os furtos a pessoas em estabelecimentos comerciais apresentaram redução de 20%, de 30 para 24 casos e a veículos diminuiu 37,1%. Já os crimes de furto à pessoa em via pública aumentaram 9,2%, de 11 para 12 registros.

Roubos em ônibus de transporte coletivo urbano também diminuíram 27,5%. Em março de 2009 foram registradas 40 ocorrências, contra 29 neste ano. Roubos em via pública caíram de 206 para 186 casos, queda de 9,7%.

Ocorrências de roubos de veículos caíram de 61 casos em março de 2009 para 49 neste ano, o que significa uma redução de 19,7%. Em postos de combustíveis, o número de assaltos diminuiu 30%, de dez para sete casos neste ano.

Agora a prioridade da PM (Polícia Militar) é o combate ao tráfico de drogas, segundo o comandante da Corporação, Coronel David. "O tráfico é um ponto inicial para o ingresso de pessoas na criminalidade como furtos, roubos para manter o vício e até homicídios", justifica.

Prevenção - Para o comandante da PM, a diminuição nos índices de violência é resultado dos investimentos feitos pelo Governo na segurança pública e na proposta de Polícia Comunitária.

Nesta administração, foram contratados 1200 policiais, adquiridas 580 viaturas e motocicletas e 2.500 pistolas. Foram comprados também coletes balísticos e outros equipamentos de proteção individual para melhorar o trabalho.

"Foram recursos determinantes para a redução dos índices de violência", explica o comandante da PM.

Os investimentos também foram feitos no trabalho preventivo. Foram ativadas três bases comunitárias nos bairros Nova Lima, Coophasul e Aero Rancho. No primeiro, crimes como assalto, furto e homicídio tiveram redução de 40%.

Durante o policiamento comunitário, os policiais visitam a comunidade e os comerciantes para estabelecer um canal de comunicação e estreitar laços.

Por meio dessa filosofia, a comunidade está sendo envolvida nas ações policiais. No final do ano, a Associação Comercial e a Câmara de Dirigentes Lojistas ajudaram a planejar ações que resultaram na redução de 24% das ocorrências que haviam sido registradas no ano anterior.

A PM estuda a ativação de outras seis bases comunitárias na cidade e o próximo contemplado será o Jardim Los Angeles. Além da Capital, há uma em Corumbá e proposta para que sejam instaladas outras em Dourados, Três Lagoas, Nova Andradina e Naviraí.

MEC deve homologar Base Comum Curricular na próxima quarta-feira
O Ministério da Educação informou que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada hoje (15) pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), deve ser ...
Presos da penitenciária federal da Capital são julgados por crime em RN
Um preso custodiado no presídio federal de Campo Grande foi julgado, ao lado de outros três homens, na quinta-feira (14) e nessa sexta-feira (15) por...
Governo Federal reduz período do horário de verão para 2018/19
O presidente Michel Temer assinou hoje (15) um decreto reduzindo em duas semanas o horário de verão em 2018. No ano que vem, a medida começará a vale...
Inscrições para o Vestibular 2018 da UFMS seguem abertas
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions