A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

07/01/2010 14:18

Polícia conclui em 30 dias inquérito de golpe da Agehab

Redação

Após 10 meses de investigação, a Polícia Civil espera concluir em 30 dias as investigações sobre o golpe da Agehab (Agência Estadual de Habitação). Cerca de 100 pessoas foram prejudicadas com o golpe, que teria rendido em torno de R$ 700 mil à quadrilha.

Segundo a delegada Rosely Molina, da Dedfaz (Delegacia Especializada em Repressão aos Crimes de Defraudações), várias pessoas foram indiciadas, incluindo-se o principal acusado, Ademar Pereira Marino, entre outros.

Com o inquérito quase concluído, a delegada afirmou que só aguarda a autorização da Justiça para concluir a investigação, aberta em março do ano passado com a prisão de Mariano pela PRF (Polícia Rodoviária Federal) em Terenos.

Todos estão sendo indiciados por estelionato e formação de quadrilha. Rosely garantiu que está com o relatório preliminar pronto e só aguarda a realização de algumas diligências para concluir a investigação.

Ela chegou a ser citada no caso, mas as investigações da Polícia Civil descartaram qualquer ligação da delegada com o acusado pelo golpe, Ademar Pereira Mariano. Ele também citou políticos, o que levou a Polícia Federal a abrir investigação para apurar o caso.

Os golpistas cobraram de R$ 1,5 mil a R$ 6 mil para "comercializar" as casas entregues pela Agehab no Bairro Santa Luzia, em Campo Grande.

Câmara Federal regulamenta carreira dos agentes comunitários de saúde
Com a presença de agentes comunitários nas galerias da Câmara, os deputados federais concluíram hoje (12) a votação do projeto de lei que regulamenta...
Anvisa libera serviço de vacinação em farmácias de todo o país
Farmácias e drogarias de todo o país vão poder oferecer o serviço de vacinação a clientes. A possibilidade foi garantida em resolução aprovada hoje (...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions