A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

14/06/2010 16:55

Polícia instaura inquérito e busca testemunhas de racha

Redação

A Polícia Civil instaurou, nesta tarde, inquérito para apurar as circunstâncias do acidente que deixou gravemente ferida a estudante Mayana de Almeida Duarte, de 23 anos. Ela foi atingida por um Vectra que fazia um racha com um Uno, na avenida Afonso Pena, no Centro de Campo Grande.

Responsável pelas investigações, o delegado Márcio Custódio, da 1ª Delegacia de Polícia da Capital, enviou ordem de serviço para que outras testemunhas sejam localizadas. Três pessoas já confirmaram que o sinal estava vermelho para o Vectra, reforçando a versão de que os motoristas estavam em um racha.

Segundo o delegado, foi liberada também ordem para que os envolvidos sejam intimados. Falta prestar depoimento o motorista do Vectra, de placas CCY-1805, Anderson de Souza Moreno, de 19 anos.

O condutor do Uno, Willian Jhonny de Souza Ferreira, de 25 anos, que disputava o racha com Anderson, já foi ouvido pela Polícia.

Custódio conseguiu a cópia do vídeo de segurança de um condomínio que fica na esquina da avenida Afonso Pena com a rua José Antônio, e irá encaminhar para que seja degravado pela perícia para auxiliar na elaboração do laudo sobre o acidente.

Além da oitiva com as testemunhas e do depoimento de um dos envolvidos e do passageiro, o delegado irá aguardar o laudo para concluir o caso.

A vítima foi internada na Santa Casa de Campo Grande em estado grave. Ela passou esta tarde no centro cirúrgico, mas não há detalhes do procedimento ao qual foi submetida.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions