ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, TERÇA  20    CAMPO GRANDE 27º

Cidades

Polícia já ouviu esposa de vereador morto em Bela Vista

Redação | 29/08/2008 14:03

A Polícia Civil já ouviu a esposa do vereador candidato à reeleição Flávio Roberto Godoy (PDT), o Ratinho, assassinado terça-feira (26) durante comício na cidade de Bela Vista, que fica a 310 quilômetros de Campo Grande, na fronteira com o Paraguai.

A mulher prestou depoimento nesta manhã e como o delegado responsável pelas investigações estava em diligências na cidade, os demais policiais não quiseram passar detalhes da oitiva dela.

Além da esposa de Ratinho, a polícia já ouviu cabos eleitorais, seguranças, um candidato a vereador e outras testemunhas. Um retrato falado de assassino deve ser feito.

O assassino vestia camiseta de cor laranja, calça jeans e boné e disparou os primeiros tiros no vereador enquanto o abraçava, no momento que eram soltados fogos.

Em seguida, com o candidato já no chão, atirou mais vezes, totalizando sete tiros. Ele fugiu em uma motocicleta e foi perseguido por populares, que acabaram o perdendo de vista.

A estudante Luzia Gadia da Silva, 18 anos, também foi atingida pelos tiros destinados a Ratinho. Ela teve ferimentos nas duas coxas.Godoy comandava um programa jornalístico na rádio FM Cidade, de Bela Vista Norte (no Paraguai), mas estava afastado por causa da campanha política. A vaga dele na Câmara Municipal será ocupada pelo primeiro suplente do PDT,

Nos siga no Google Notícias