A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

21/08/2013 09:46

Polícia pede prontuário de "virgem" para comprovar abuso de médico em consulta

Graziela Rezende

A Polícia solicitou o prontuário da mulher de 48 anos, que afirma ter sofrido violência sexual de um médico do posto de saúde do bairro Moreninha III, em Campo Grande. Segundo a delegada Marília de Brito, responsável pelas investigações, a intenção é saber se ela respondeu a uma série de questionamentos antes da consulta e, se neste momento, confirmou que era virgem.

“O laudo médico provou que ela era virgem e foi isso que ela garante ter dito ao profissional durante o atendimento. Agora, fizemos com urgência o pedido do prontuário para a Secretaria de Saúde, principalmente para saber se isso está escrito neste papel. Dessa maneira, será impossível o médico dizer que não sabia desse fato”, afirma a delegada Brito.

Com a comprovação, além de todo o conteúdo probatório e as oitivas já realizadas pela Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher), a delegada ressalta que o próximo passo será intimar o médico para prestar depoimento.

"Ele será o último a ser ouvido, principalmente porque estamos investigando todos os detalhes para posteriormente fazer as perguntas”, ressalta a delegada.

Recentemente, a polícia recebeu o laudo médico em que atesta o “rompimento recente de hímen” da vítima. Até o momento, enfermeiros, familiares e testemunhas já foram ouvidos.

Exame preventivo: A mulher afirma ter marcado uma consulta, sendo que assim que entrou, informou ao ginecologista que era virgem. Ele então passou a ser grosseiro, tocou nas partes intimas e ela terminou o procedimento machucada, conforme a Polícia.

Se comprovado o crime, o médico poderá ser indiciado por estupro ou até mesmo importunação ofensiva ao pudor. Por enquanto, a delegada não irá divulgar o nome do profissional para não atrapalhar nas investigações.

 

Laudo comprova que mulher de 48 anos era virgem e indica abuso sexual
Um laudo médico provou que a mulher de 48 anos, que supostamente sofreu violência sexual num posto de saúde do Bairro Moreninha 3, na Capital, era vi...
Curso de instrutor de trânsito do Detran oferece 50 vagas na Capital
O Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul) está com inscrições abertas para o curso de Formação de Instrutor de Trânsito e...
Mega-Sena acumula de novo e prêmio estimado sobe para R$ 43,5 milhões
Mais uma vez a Mega-Sena ficou sem vencedor na faixa principal e, com isso, a premiação acumulou e pode chegar a R$ 43,5 milhões no próximo concurso,...


TEM QUE PEGA ESSE MÉDICO E COLOCAR ELE NA CADEIA... PARA OS PRESOS PEGAR ELE E FAZER DE MULHERZINHA... PRA APRENDER A TER MAIS VERGONHA NA CARA... TEM QUE PERDER O CRM URGENTEEEEEEEE
 
ANTONIO MENDEZ em 21/08/2013 13:05:06
Que situação desagradavel esta moça esta passando!!! Constrangimento, divulgação na midia.
 
Mirtes Lourenço Camilo em 21/08/2013 10:59:20
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions