A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

30/08/2010 12:13

Pólo Empresarial Sul da Capital trará 15 mil empregos

Redação

O prefeito Nelson Trad Filho (PMDB) lançou hoje o Pólo Empresarial Sul "Wilmar Lewandowsky", na zona sul da Capital.

O núcleo industrial é implantando na região urbana do Córrego Bandeira, próximo às Moreninhas, uma das maiores concentrações populacionais da Capital.

O projeto do Pólo Empresarial Sul teve seu primeiro lançamento em julho de 2009 e sua execução avança neste ano. Com sua criação, a Capital passa a contar com cinco pólos empresariais, nos quais foram investidos mais de R$ 804 milhões e promovida a geração de mais de 11.200 empregos diretos.

A prefeitura espera que o Pólo gere 15 mil empregos diretos e indiretos, através das várias empresas. A área, de 52 hectares, é situado às margens do anel rodoviário, funcionando como eixo fundamental para a interligação dos sistema rodoviário e ferroviário de Campo Grande, nas BR's 163, 262 e 060.

Na área em frente ao pólo, será construído um loteamento com cerca de 4.800 casas. De acordo com o titular da Sedesc (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, de Ciência e Tecnologia e do Agronegócio), Natal Baglioni, será o maior loteamento do país.

"São 800 terrenos que serão divididos em 4.800 loteamentos. Ainda neste mês, será asfaltado e as áres divididas", explica.

Ainda não há definição de quais empresas ou industrias serão construídas no local, mas os futuros empreendedores terão vários incentivos, segundo Baglioni. "Além da doação da área, há isenção de ISS (Imposto Sobre Serviço de Qualquer Natureza), do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) por tempo determinado e isenção das taxas e limpeza do terreno", comentou.

A proximidade com as Moreninhas facilitará o desenvolvimento econômico do conglomerado de bairros e ainda fornecerá qualidade de vida a milhares de trabalhadores com acesso ao local de trabalho a menos de 2 km de casa. A prefeitura pretende construir um novo acesso à região.

A área é próxima a um dos mananciais da cidade, o Lageado. A área dispõe de licença prévia para construção já aprovada pela Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano). O total de 52 hectares poderá ser dividido entre 66 lotes de 5 mil m² ou 165 lotes de 2 mil m².

A previsão é que a área onde será construído o Pólo, bem como o terreno onde serão edificadas as casas, seja entregue dentro do prazo de oito meses.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions