A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

16/05/2016 10:02

Por conta da greve, veículos apreendidos não serão liberados

Fernanda Mathias
Servidores fazem piquete em frente ao Detran (Foto: Marcos Ermínio)Servidores fazem piquete em frente ao Detran (Foto: Marcos Ermínio)

Quem teve veículo apreendido e recolhido ao pátio do Detran (Departamento Estadual de Trânsito) não conseguirá retirá-lo de lá nesta segunda-feira (16), por conta da greve dos servidores.

A informação é da assessoria de imprensa do órgão, que confirma a suspensão dos exames práticos para obtenção da CNH (Carteira Nacional de Habilitação) em todo o Estado, além da suspensão das vistorias em Campo Grande.

Segundo o Sindetran (Sindicato dos Servidores do Detran), em média 30 veículos são liberados diariamente na Capital. Além disso, são 200 condutores que diariamente fazem os exames no Estado e 200 vistorias em Campo Grande.

A adesão à greve na Capital é de 80% e no interior, onde adesão vai de 70% a 100%, várias agências terão de suspender o atendimento. O Detran ainda não informa o número de agências suspensas. Segundo o órgão, serviços de emissão de CNH e licenciamento estão ocorrendo normalmente, desenvolvido por servidores comissionados.

Ao todo, são 800 servidores de carreira e outros 400 comissionados. Dentre os pleitos da categoria está abono de R$ 250,00 mais 10% de reajuste, além da revisão do plano de cargos e carreiras.

O Detran informa que o governo não está fechado para negociações, já foram ofertados R$ 200,00 de abono mais 6% de reajuste linear. Sobre o PCC, de acordo com o órgão, a definição é que a negociação seja concluída até 2018. O Detran informa, ainda, que no fim do ano passado foi feita revisão no cálculo de produtividade e de outros benefícios.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions