A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

05/02/2009 18:53

Por degradar meio ambiente, posto é multado em R$ 35 mil

Redação

O Iman (Instituto Municipal do Meio Ambiente) multou hoje em R$ 35 mil o proprietário do Posto Gaúcho de Dourados, Nelso Gabiatti. Isso porque durante a fiscalização técnica, foram constatadas irregularidades no processo de liberação da água usada para lavar carros, que era despejada diretamente na rua.

A legislação ambiental é clara em orientar que estabelecimentos que trabalham com muita água implantem um sistema adequado para que sejam despejados resíduos direto na rede de esgoto ou então que façam o tratamento devido. As normas não estavam sendo seguidas no posto, que também acumulava água suja despejada na calçada sempre que a limpeza do pátio era feita.

De acordo com a diretora presidente do instituto, Irionetti Ferreira, o empresário não apresentou a licença ambiental, documento que é exigido para o funcionamento de determinados estabelecimentos comerciais. No caso de postos de combustível a licença é imprescindível e é liberada pelo Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul). Agora Nelso Gabiatti tem um prazo de 72 horas para apresentar a licença ambiental.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions