A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

08/04/2014 14:45

Prazo vence dia 7, mas poucos procuram regularizar título de eleitor

Filipe Prado
Próximo do prazo final, os eleitores não comparecem ao TRE para o cadastro eleitoral (Foto: Marcelo Vitor)Próximo do prazo final, os eleitores não comparecem ao TRE para o cadastro eleitoral (Foto: Marcelo Vitor)

Faltando cinco semanas, poucas pessoas procuraram o TRE (Tribunal Regional Eleitoral) para realizar o cadastro eleitoral, que acaba no dia 7 de maio. Este é o prazo para o eleitor trocar de domicílio eleitoral, tirar a primeira via ou regularizar a situação para votar nas eleições deste ano. 

“Está bem devagar”, revelou o chefe da Central de Atendimento ao Eleitor, Luiz Carlos Barbosa de Castro. Ele contou que, em média, 80 pessoas são atendidas por dia. “Muitas pessoas deixam para o último dia”, alertou. 

Ele afirmou que no final do mês abril o número de atendimentos irá aumentar. “No último dia nós atendemos cerca de quatro mil pessoas”, contou o chefe da central.

Poucas pessoas se adiantaram e compareceram ao TRE, como o administrador Tiago Santos Silva, 27 anos. “Eu vim transferir meu título e vim antes para evitar a fila e a loucura do último dia”. O administrador morava em Palmas (TO) e decidiu realizar a transferência para Campo Grande.

A dona de casa Marina Soares, 51, contou que não votou nas últimas eleições, por isso perdeu o direito de votar, agora ela precisou refazer o título. “Eu preferi vir antes para poder deixar tudo certinho para o dia da votação. Depois fica muito cheio e não tem como vir”, disse.

Tiago resolveu fazer a transferência do título antes do prazo, para evitar a loucura do dia (Foto: Marcelo Vitor)Tiago resolveu fazer a transferência do título antes do prazo, para evitar a "loucura do dia" (Foto: Marcelo Vitor)
Luiz Gustavo foi antes ao TRE para evitar as filas (Foto: Marcelo Vitor)Luiz Gustavo foi antes ao TRE para evitar as filas (Foto: Marcelo Vitor)

Luiz Gustavo Duarte de Mendonça, 18, completou a maioridade ano passado e resolveu tirar o título. “Eu vim para evitar as filas, pois fica muito lotado mais perto do prazo final”, relatou.

De acordo com Luiz Carlos, o número de pessoas que realizaram o cadastro eleitoral em março é menor do o mesmo período do ano passado. “Mês passado foram três mil cadastros, sendo que em 2012 foram 4.600”, explicou. Ele relatou que o motivo da queda é a falta de chamadas para o cadastro, pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Título - Para retirar o título, todos os eleitores, deverão comparecer ao TRE, ou a um posto prático, localizado próximos ao terminais Guaicurus, General Osório e Aero Rancho, portando um documento pessoal com foto e um comprovante de residência, expedido nos últimos doze meses.

Todos os homens, nascidos entre 1965 e 1995, deverão apresentar o comprovante de quitação com o serviço militar ou reservista.

Mutirão – O TRE intensificou os atendimento ao eleitor na Capital e em algumas cidade do interior do estado. Durante a semana a Justiça Eleitoral itinerante irá percorrer as cidades de Campo Grande, Aquidauana, Amambaí, Antônio João, Bonito.

A Justiça Eleitoral irá realizar serviços de alistamento eleitoral, transferência, emissão de segunda via do título eleitoral e revisão dos dados cadastrais.

Servidores da Justiça Eleitoral de MS ganham uma semana de folga
Vai ser de praticamente uma semana a folga dos servidores da Justiça Eleitoral de Mato Grosso do Sul em decorrência dos feriados em sequência da Paix...
Carro roubado no RJ é recuperado em estrada rumo ao Paraguai
Um automóvel recentemente roubado no Rio de Janeiro foi recuperado por policiais militares em uma estrada vicinal de Japorã –a 487 km de Campo Grande...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions