A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

11/03/2009 11:20

Prefeitura começa a tapar cratera do Taquaral Bosque

Redação

Para tentar conter o avanço da cratera que ameaça casas no Bairro Taquaral Bosque, a prefeitura de Campo Grande montou uma operação de emergência que, segundo a assessoria de imprensa, terá inicio hoje a partir das 13h30.

A prefeitura pretende usar 50 caminhões de terra e pedra para tampar, mesmo que parcialmente a voçoroca de oito metros de profundidade, vinte de largura e 350 de comprimento.

Desde o dia 26 de fevereiro as famílias esperam providências da prefeitura. Os moradores chegaram organizar por conta própria a mudança, diante do medo do desabamento.

Eles reclamam que problema começou depois de obras, quando foram instaladas duas linhas coletoras de esgoto, que fazem o escoamento dos bairros Montevidéu, Estrela Dalva e no próprio Taquaral Bosque.

O reparo emergencial tem como objetivo garantir a segurança e permanência das oito famílias ameaçadas de perder suas casas no local.

Definitivo - Na próxima semana, depois da assinatura do contrato com a Caixa Econômica Federal, que garantirá os recursos necessários, a prefeitura disse que dará início às obras definitivas de correção de solo.

De acordo com a prefeitura, será um dos maiores projetos de drenagem da cidade, com um custo aproximado de R$ 8,5 milhões, que serão liberados pelo governo federal através do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento).

Segundo as previsões, a implantação de galerias pluviais a partir da região do bairro Nova Bahia, desviando do local onde se encontra a erosão no Taquaral. O processo licitatório está concluído e a ordem de serviço será dada imediatamente após a assinatura do contrato.

Moradia - O prefeito Nelsinho Trad (PMDB) ordenou, e a Emha (Empresa Municipal de Habitação) já iniciou a construção de 59 casa na região que serão destinas, prioritariamente, às famílias que estão em área de risco devido à erosão.

Enquanto as casa não saem, a prefeitura disponibiliza assistentes sociais e caminhões para efetuar transferência destas famílias para as casas de parentes até a entrega de suas novas residências, que estão sendo construídas em caráter de urgência.

Para garantir a segurança dos moradores, a Defesa Civil está mantendo equipes com viaturas 24 horas por dia no local, para evitar que populares se aproximem da voçoroca.

A previsão é de que a chuva continue até o fim de semana.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions