A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 14 de Agosto de 2018

03/08/2010 11:03

Prefeitura tenta agilizar verba para obra da chuva

Redação

A coordenadora de Projetos Especiais do Planurb (Instituto Municipal de Planejamento Urbano), Eliane Detoni, viajou para Brasília nesta terça-feira para agilizar a liberação de R$ 9 milhões para obras emergenciais das chuvas.

A informação é do prefeito Nelsinho Trad (PMDB), que também viajou à Capital Federal na semana passada com o mesmo objetivo. "Vamos tentar explicar em Brasília que tem essa particularidade da estiagem, e que nossas obras foram feitas muito rápido, por isso precisamos dessa verba para concluir", detalhou.

Além dos R$ 9 milhões que faltam para terminar as obras emergenciais, Nelsinho tenta "destravar" R$ 58 milhões em emendas e financiamentos para concluir várias frentes de obras, principalmente de asfaltamento e drenagem.

Na semana passada, o secretário de Governo, Rodrigo de Paula Aquino, admitiu que as obras podem ser paralisadas este mês se o dinheiro não entrar.

As obras emergenciais foram deflagradas a partir da enchente que atingiu a cidade no dia 27 de fevereiro. Foi aberta uma cratera na rua Ceará e vários outros pontos foram danificados na Capital.

Dos R$ 20 milhões necessários para as obras, R$ 11 já caíram nas contas da prefeitura.

A idéia é iniciar ainda este mês nova frente de obras na avenida Paulo Coelho Machado, nas imediações do Shopping Campo Grande, onde também ficou inundado no dia da enxurrada. A prefeitura quer basicamente aumentar a vazão da água no local, duplicando a galeria, mas necessita de novos recursos.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions