A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

09/02/2009 06:57

Preso em SP dono de distribuidora que sonegava ICMS

Redação

O Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) prendeu no fim de semana, em Ribeirão Preto, São Paulo, o dono da distribuidora de medicamentos que entravam em Mato Grosso do Sul sem o pagamento de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços).

Na casa dele, em cumprimento a mandado de busca e apreensão, foram recolhidos cheques de clientes do Estado, computadores, disquetes e inúmeros documentos que comprovam a ligação da empresa paulista com os já indiciados Ítalo Gonzaga e Aristides Rodrigues, presos respectivamente durante as operações feitas em Campo Grande e Dourados.

A ação contou com o apoio de 45 agentes do Gaeco de São Paulo, fazendários e da vigilância sanitária daquele Estado.

O trabalho é complemento de duas operações realizadas nos meses de dezembro de 2008 e janeiro de 2009, respectivamente em Campo Grande e em Dourados, que resultaram na apreensão de medicamentos comercializados sem o recolhimento de impostos.

Na Capital, o flagrante foi feito em um posto de combustíveis. Os medicamentos estavam separados em caixas de papelão, que continham o nome da farmácia a qual pertenciam.

Já em Dourados, não havia os nomes das empresas nas caixas, e sim números, que eram códigos para indicar as farmácias. Com a operação, o Gaeco descobriu que muitas das empresas flagradas na Capital, continuavam a sonegar ICMS.

O detalhamento da ação será feito às 10 horas desta segunda-feira. O procurador-geral de Justiça Miguel Vieira da Silva concederá entrevista coletiva sobre o caso.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions