A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

07/10/2015 19:58

Presos passarão a utilizar tornozeleiras eletrônicas em 60 dias

Michel Faustino

Dentro dos próximos 60 dias, os presos de menor potencial ofensivo, entre eles os provisórios, cumprindo medidas cautelares ou protetivas de urgência, além da população carcerária considerada vulnerável, irão receber tornozeleiras eletrônicas, conforme estimativa da Agepen ( Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário).

Segundo o diretor-presidente da Agepen, Ailton Stropa Garcia, um contrato de adesão de ata de preços foi assinado nessa segunda-feira (5) que prevê em Campo Grande a construção de um Centro de Monitoração Eletrônica. Serão investidos recursos na ordem de R$ 1 milhão , com contrapartida de 10% do Governo do Estado.

De acordo com Stropa, a intenção é que o uso de tornozeleiras seja implantado dentro dos próximos 60 dias, já que, em 30 dias, será montada a sala de monitoramento.

Investimento - O Centro de Monitoração Eletrônica será implantado inicialmente em Campo Grande, sob a coordenação da GISP (Gerência de Inteligência do Sistema Penitenciário). A Agepen já formalizou um novo pedido de convênio junto ao Depen (Departamento Penitenciário Nacional), do Ministério da Justiça, mesmo valor de R$ 1 milhão, para uso de tornozeleiras em Dourados.

Os recursos liberados para o projeto piloto serão investidos ao longo de três anos, conforme estabelece o convênio, com previsão de que se possibilite a manutenção de 100 a 150 tornozeleiras por mês. “Servirá de base para avaliarmos os resultados desse tipo de iniciativa e quais os impactos ela trará”, finaliza Stropa.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions