A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

12/03/2009 11:53

Presos quebraram cadeiras, mesas, lâmpadas e forro

Redação

No motim que aconteceu no fim da tarde dessa quarta-feira na cadeia pública de Sidrolândia, cidade que fica a 68 quilômetros de Campo Grande, os presos quebraram cadeiras, mesas, lâmpadas, forro e ainda pedaços de telha.

Objetos que foram queimados pelos detentos, que chegaram a ameaçar policiais civis e militares que tentavam conter o motim.

O motim aconteceu porque os presos não aceitavam a revista que era realizada nas celas da cadeia pública. Em uma delas, na 1, foi encontrado o início da escavação de um túnel. A revista foi realizada após denúncia anônima sobre o túnel para fuga.

Depois de controlado o motim, com ajuda do Garras e Polícia Rodoviário Estadual, os policiais encontraram nas celas ferros, facas, celulares, objetos cortantes e carregadores de celulares.

Os líderes do motim foram identificados como: Ercílio de Souza, 30 anos; Sandro Márcio dos Santos Motta, 26 anos; Mário de Souza, 27 anos; Eder Alagas da Rocha, 25 anos; Rodrigo Pereira de Souza, 26 anos; Evaldejair Braga. 26 anos; Valdiner de Arruda Rosário, 18 anos; Jhonny André da Silva, 19 anos; Dony da Silva Alencar; 23 anos e Manoel Raimundo Costa e Silva, 50 anos.

Carro roubado no Rio de Janeiro é recuperado em estrada de acesso ao Paraguai
Um automóvel recentemente roubado no Rio de Janeiro foi recuperado por policiais militares em uma estrada vicinal de Japorã –a 487 km de Campo Grande...
Recesso de fim de ano começa nesta semana no Judiciário e Legislativo
Na reta final de 2017, para alguns servidores a "folguinha" das festas começa mais cedo. Em orgãos Estaduais e Federais de Mato Grosso do Sul, tem re...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions