A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

15/03/2008 11:38

Presos transferidos para MS decapitaram rivais no RN

Redação

O grupo transferido do Rio Grande do Norte  para Mato Grosso do Sul é formado por presos que decapitaram dois rivais, em fevereiro passado, na Penitenciária Estadual de Alcaçuz, em Nísia Floresta (RN). As mortes provocaram temor nos demais detentos que ameaçaram rebelião no dia 11 de março.

Na lista de transferidos estão: João Maria Segundo do Nascimento, o "João Gordo", réu confesso da morte e decapitação de José Teodósio da Silva, no dia 19 de fevereiro; além de José Adelson de Araújo, José Xavier da Silva e José Ranilson da Silva, acusados de participar da execução e esquartejamento de Erickson Ribeiro do Nascimento, de 32 anos, ocorrida exatamente uma semana depois do primeiro assassinato. Além deles, viajam para cá Ari Alves dos Santos, João Maria da Silva Oliveira, Luciano Cunha Gomes, Oziel Nascimento de Andrade e Severino dos Ramos Feliciano.

A previsão é de que os nove detentos fiquem pelo menos um ano no Presídio Federal de Campo Grande. O grupo deve desembarcar na capital por volta das 16 horas.

Histórico - Na semana passada, a segurança foi reforçada no presídio de Alcaçuz, inclusive, com ronda em helicóptero diante de clima de insegurança. Os presos até ligaram para a imprensa local pedindo a transferência do diretor da unidade, que estaria colocando presos perigosos em celas comuns. (Com informações do jornal Tribuna do Norte, de Natal- RN).
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions