A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

26/08/2010 13:15

Professor indígena é preso acusado de molestar alunas

Redação

Um professor de 38 anos, que leciona guarani em uma aldeia de Amambai, município a 360 quilômetros de Campo Grande, foi preso esta semana sob acusação de ter molestado alunas na escola em que trabalhava.

De acordo com A Gazeta News, Leonizio Martina Ortiz, de 38 anos, que é da etnia guarani-kaiowá e lecionava em uma escola ligada a uma entidade religiosa, foi preso após a denúncia de uma das supostas vítimas.

O professor foi afastado e o caso levado ao Conselho Tutelar e à Polícia Civil. Segundo informações, mais de 10 meninas foram vítimas dos ataques do professor.

As meninas que teriam sido molestadas tem idade entre 9 e 13 anos. Leonizio foi preso preventivamente. Esta não é a primeira vez que o professor é acusado de molestar alunas.

Ele já teria sido afastado de uma escola onde lecionava na Aldeia Sassoró, em Tacuru pelo mesmo motivo.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions