A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 16 de Dezembro de 2018

18/06/2009 11:23

Proposta que libera reabertura de bingos segue para CCJ

Redação

A proposta de lei que autoriza a liberação para funcionamento de casas de bingos videobingos e videoloterias foi aprovada ontem pela Comissão de Finanças e Tributação da Câmara dos Deputados em Brasília (DF).

A matéria segue ainda para Comissão de Constituição e Justiça e do plenário da Câmara e se aprovada vai liberar a volta dos bingos em todo país.

Para conseguir aprovação, a Abrabin (Associação Brasileira dos Bingos) e o deputado federal Paulinho Pereira da Silva (PDT-SP), autor da proposta, alegou que com a legalização dos bingos o governo poderá obter uma arrecadação de R$ 7 bilhões anuais em impostos, controle online das operações, verbas para saúde e educação, aumento de vagas para emprego.

Segundo o sindicato da categoria, com a legalização o setor poderá favorecer a abertura de 300 mil empregos diretos em até dois anos.

A proposta que teve apenas cinco votos contrários prevê que as casas de jogos de azar deverão pagar em prêmios de 70% a 80% dos valores arrecadados entre os apostadores. Do que sobrar, menos tributos sobre os prêmios, será separado um percentual de 17% a serem pagos em royalties mensais: 15% para a saúde, 1% para cultura e 1% para esporte.

O relator da matéria, o deputado federal João Dado (PDT-SP), estima que esse 1% equivalerá a R$ 60 milhões anuais. Os estabelecimentos também deverão pagar uma taxa mensal de R$ 20 mil para o Ministério da Fazenda ou órgão ao qual couber a fiscalização.

Em 2004, após o escândalo que envolveu Waldomiro Diniz ex-chefe de Assuntos Parlamentares da Casa Civil, o governo federal baixou medida provisória impedindo as modalidades de jogos no País. Waldomiro é acusado de ter tentado intermediar a renovação de um contrato de R$ 700 milhões entre a multinacional GTech e a Caixa Econômica Federal para a gestão das loterias.

(Com informações da Folha Online)

Ministério da Saúde faz alerta para vacinação em período de férias
Ministério da Saúde faz um alerta aos viajantes neste fim de ano: manter a caderneta de vacinação atualizada é fundamental para ter uma viagem saudáv...
Ninguém acerta e Mega-Sena pode pagar R$ 48 milhões na terça-feira
A Mega-Sena acumulou mais uma vez e agora pode pagar R$ 48 milhões caso alguém acerte as seis dezenas que serão sorteadas na próxima terça-feira (18)...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions