A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

09/11/2012 19:38

Puccinelli defende pagamento por terras de novas reservas indígenas

Nícholas Vasconcelos e Helton Verão
Governador André Puccinelli (PMDB) defendeu o pagamento pelas áreas das novas reservas. (Foto: Pedro Peralta)Governador André Puccinelli (PMDB) defendeu o pagamento pelas áreas das novas reservas. (Foto: Pedro Peralta)

O governador André Puccinelli (PMDB) defendeu nesta sexta-feira (9) que as novas reservas indígenas em Mato Grosso do Sul sejam estabelecidas com a compra da terra nua pelo Governo Federal. Puccinelli afirmou que cogitou a possibilidade do Estado comprar as propriedades que formarão as possíveis reservas e se disse favorável a essa ampliação.

“Não sou contra demarcações,mas tem de existir uma indenização. Eu mesmo, como Governo, me propus comprar as terras para demarcarem. Não pode funcionar como grilagem”, afirmou o governador durante a inauguração dos residenciais Albino Coimbra I e II, no Jardim Manaíra em Campo Grande.

A compra pelas terras também foi apontada como conclusão de um congresso que terminou hoje em Dourados. A Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul) e o MPF (Ministério Público Federal) apontaram a medida como conclusão para resolver o impasse envolvendo a ampliação das reservas, principalmente no Sul do Estado.

Puccinelli criticou a atuação do Governo Federal no processo das demarcações e no atendimento às comunidades indígenas. “Eu já empresto 20 funcionários para ajudar a Funai e quem paga é o Governo do Estado”, apontou.

Hoje o Governo estadual publicou nota em que afirmou que não recusa a prestar atendimento emergencial nas aldeias, incluindo a segurança pública nas aldeias é dever da União, através da Funai e Polícia Federal.

Compra de terra para demarcação de aldeias é consenso em seminário
O pagamento pelas terras que se transformarão em reservas indígenas em Mato Grosso do Sul e a urgência na criação de políticas públicas para atender ...
Recesso de fim de ano começa nesta semana no Judiciário e Legislativo
Na reta final de 2017, para alguns servidores a "folguinha" das festas começa mais cedo. Em orgãos Estaduais e Federais de Mato Grosso do Sul, tem re...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions