A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 20 de Setembro de 2018

07/03/2012 08:00

Paralisação não pode prejudicar alunos, alerta André a professores

Wendell Reis
Durante o evento o governador garantiu a realização de novos concursos públicos para professores(Foto: Divulgação/Edemir Rodrigues)Durante o evento o governador garantiu a realização de novos concursos públicos para professores(Foto: Divulgação/Edemir Rodrigues)

O governador André Puccinelli (PMDB) se reuniu com a diretoria da Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul) ontem (6) na Governadoria. Durante a audiência, o governador reafirmou seus compromissos com a educação pública e demonstrou preocupação com a greve de três dias, marcada para acontecer nos próximos dias 14, 15 e 16.

Os sindicalistas explicaram que a greve é uma adesão a um movimento nacional para discussão e reflexão, incluindo como tema um plano nacional que inclua 10% de recursos do orçamento federal para a área. Puccinelli pediu para que os alunos da rede estadual não sejam prejudicados com a paralisação, chamando a atenção para a legislação.

Segundo a Fetems, o governador fez um compromisso com a categoria de não cortar o ponto dos trabalhadores que participarem da greve. No encontro o governador ainda garantiu a manutenção do salário dos professores entre os seis melhores do País e a realização de novos concursos públicos.



Nossa! estou muito satisfeito com o compromisso do nosso governador, de estar de acordo com a paralisação. A categoria necessita de apoio, assim senhores, seus filhos terão um bom ensino, afinal tudo vele pelo incentivo, não é? a reme e o estado irão parar por três dias sim! E estamos contente com a posição do Nelsinho e do Andre Puccinele.
Que ganhe o Girotto, senhor André!Parabéns!
 
paulo cesar em 09/03/2012 12:26:48
Nossa..é INADMISSIVEL a greve dos professores q são os pilares p/ a formação de pessoas estudadas e pensantes e não um bando de idiotas e ignorantes que certamente acham ADMISSÍVEL pagar o que pagam para deputados, comissionados, assessores, políticos q nada trazem de benefícios ao contribuinte e ainda desviam montanhas de $$ q jamais irão fazer greve. Realmente é INADMISSÍVEL, melhor ser fantoche
 
luciano farias em 08/03/2012 12:00:36
O que falta para o povo brasileiro é conscientização e luta de classes. O maior problema é que a apatia predomina e o discurso: "Deixa como está ou não adianta mesmo". Vamos acordar para a realidade... o trabalhador precisa reinvidicar seus direitos, a educação é a base de tudo!! Deixem esse discurso que aluno será prejudicado, a luta é para eles também, inclusive! Não é só salário! Acorda Brasil!
 
Solange Alamini em 08/03/2012 07:43:29
GOVERNADOR, CORTE OS DIAS DOS GREVISTAS, A SOCIEDADE LHE NOMEOU PARA ADMINISTRAR ESTA SOCIEDADE, ENTÃO FAÇA JUSTIÇA, A NÃO SER QUE ELES APRESENTEM ATESTADOS MÉDICOS, QUE ESTÃO IPOSSIBILITADOS PARA TRABALHAR, NÃO É SÓ PARA PROFESSORES É PARA TODOS, QUE FAZEM GREVE POR IMITAÇÃO, O GOVERNO JÁ CEDEU, PORQUE DEIXAR ALUNOS DESISTIMULADOS, PROFESSORES PARA ENSINAR O QUÊ? SÃO VOCÊS OS EXEMPLOS DO PAÍS.
 
PEDRO BRAGA em 08/03/2012 07:27:09
Senhores professores! Sou policial militar e também possuo curso superior de licenciatura e por isso me solidarizo com os senhores pois tenho dois motivos para apoiar reivindicações salariais dignas, pois os policiais ganham mal e os professores também. Acho que está na hora de mostrarmos a nossa força, pois somos os pilares do executivo (segurança e educação). União entre as classes é a chave!
 
Carlos Alberto em 07/03/2012 10:26:21
Será possível que os professores vão aceitar essa "passada de mel"? Olhem as eleições, elas estão chegando, nada como ter o voto nas mãos para se negociar!
 
HUGO ALVES em 07/03/2012 09:52:58
Mais uma que escolheu a profissão errada: Daniele Pileeggi. Antes de começar a trabalhar já quer fazer greve. Este é o Brasil. Daniele, ainda dá tempo, escolha outra profissão. E o Governador: porque não vai cortar o ponto???? Vai mandar compensar??
Ou que garantir os votos para o seu giroto??!!!?????????????
 
Paul Martins em 07/03/2012 08:57:40
É o momento de parar e fazer uma grande reflexão sobre os rumos que a educação tem tomado nos últimos anos... No governo atual, nas três esferas é necessário que maiores e melhores investimentos sejam feitos na educação. A sociedade pode e deve se mobilizar em torno da escola que forma seus filhos...
 
Erika Vasconcelos em 07/03/2012 08:40:10
Pelo amor de Deus gente, que greve nada, vamos pensar nos alunos, professor não repõe dias parados não, o prejuizo é sempre dos alunos.
 
Marlene Sepulveda em 07/03/2012 08:19:18
Eu como pagador de impostos ,inclusive eles pagam os salarios dos professores acho uma pouca vergonha essas greves,um estado tão rico e o ICMS mais caro do Brasil é inadmissilvel ter greves de funcionarios publicos.
 
Luis Mário da Silva em 07/03/2012 07:29:39
Governo do Estado e FETEMS são as faces da mesma moeda.
 
Antenor Rodrigues em 07/03/2012 07:23:04
pelo amooooooooooooor de deus,futura professora aqui..que seja feita essa grave SIIM!!!!!
 
Daniele Pileggi em 07/03/2012 02:40:46
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions