A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

13/11/2014 14:51

Quadrigêmeas ganham casa e devem deixar a maternidade na 2ª feira

Lidiane Kober
Pais comemoram a possibilidade de deixar a maternidade e retomar a vida (Foto: Alcides Neto)Pais comemoram a possibilidade de deixar a maternidade e retomar a vida (Foto: Alcides Neto)

Com 76 dias de vida, as quadrigêmeas Elizabete, Eliza, Elizangela e Elizete ganharam uma casa de devem deixar a Maternidade Cândido Mariano na segunda-feira (17). A residência, de quatro peças, além de abrigá-las, será a nova moradia dos pais e das outras quatro irmãs, de 4, 7, 10 e 12 anos.

A casa é doação da Prefeitura de Anastácio, cidade natal da família. A residência, de programa habitacional, foi retomada pela administração municipal, após o antigo dono tentar vendê-la. Ela conta com dois quartos, um banheiro e sala com cozinha conjugada.

Amanhã (14), uma equipe da maternidade vai a Anastácio para conhecer o espaço e analisar se ele tem capacidade de receber a família. “Pelo que nos relataram, nem as fraldas que elas receberam de doação caberá em um dos quartos”, comentou a psicóloga da maternidade, Jackeline Medeiros.

O avô materno das meninas foi conhecer a residência, conforme as mãe das crianças, Denir Campos, 37 anos. “Os quartos são bem pequenos, mal cabe uma cama de casal”, contou. “Mas vamos dar um jeito de caber do mundo”, completou.

Antes das quadrigêmeas nascer, a família morava em um barraco de dois cômodos, em um assentamento de Anastácio. Os únicos luxos eram o ventilador e uma TV de 14 polegadas. O local, porém, foi invadido, enquanto os pais cuidam das meninas na maternidade, e os ladrões levaram até o telhado.

“Chegaram a sugerir para a gente fazer um puxadinho no fundo da casa só que sobrou pouco do nosso barraco”, explicou Denir. A prefeitura, por sua vez, promete entregar outra residência, assim que novo conjunto habitacional ficar pronto. A outra moradia seria adaptada, com a construção de mais um quarto.

Além da casa, segundo Jackeline, a família ganhou quatro berços, uma cômoda, uma beliche, uma geladeira usada e uma caixa com utensílios de cozinha.

Alta – Faltando um fogão e uma máquina de lavar roupa para a nova casa, a família está prestes a deixar a maternidade. “A doutora disse que, se conseguir o pediatra para as bebês em Anastácio, na segunda-feira, as quadrigêmeas ganham alta”, revelou a mãe. “Não vejo a hora de retomar a nossa vida”, completou.

A a psicóloga da maternidade, no entanto, frisou a necessidade de outros encaminhamentos médicos, como disponibilização de fisioterapeuta e de leite nan confort. Por dia, em média, elas tomam uma lata de 800 gramas.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions