A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

12/12/2014 17:42

Quatro cidades de MS concentram trechos de BRs mais críticos

Ricardo Campos Jr. e Alan Diógenes
Blitz deu início à operação Rodovida em Mato Grosso do Sul (Foto: Alcides Neto)Blitz deu início à operação Rodovida em Mato Grosso do Sul (Foto: Alcides Neto)

Campo Grande, Três Lagoas, Dourados e Jaraguari concentram os trechos de rodovias federais mais críticos em Mato Grosso do Sul, segundo informações da PRF. A lista leva em conta a quantidade de acidentes com feridos e mortos nesses locais. Para tentar reduzir os índices, foi lançada nesta sexta-freira (12) em todo o país a operação Rodovida. No estado, a ação inicial foi uma blitz no rodoanel da capital, trecho de BR-163.

Houve apoio da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), PM (Polícia Militar), Detran e Guarda Civil Municipal.Eram checadas tanto as condições dos automóveis quanto a documentação dos motoristas.

Em Jaraguari, durante a operação, foi apreendida uma carreta que seguia para Campo Grande com 12,5 mil munições calibre 380, 38 e 22; 10kg de agrotóxicos e cigarros contrabandeados.

Condutores aprovam - Ianiky Bianca de Oliveira Sales, 19 anos, foi flagrada pilotando uma moto sem CNH e teve que ficar no local esperando o pai ir buscá-la. Ao Campo Grande News, ela disse que não teve condições de freqüentar uma autoescola e por isso andava de maneira irregular. Apesar disso, considera a operação positiva. “Acho importante”, afirma.

O motorista Fabiano Monteiro de Oliveira, 24 anos, também acha a ação importante. “Está de nota dez porque infelizmente os acidentes estão crescendo cada vez mais em Campo Grande. O trânsito é caótico”, diz.

Fiscalização – O inspetor da PRF Ciro Ferreira explica que a operação é uma medida estratégica e tem reforço no efetivo. Realizada simultaneamente em outros municípios em rodovias e perímetros urbanos, será realizada até janeiro.

A diretora-presidente da Agetran, Elizabeth Felix da Silva Carvalho, diz que a ideia é promover uma fiscalização rigorosa com tecnologia através de radares e fiscalização eletrônica, já que, segundo ela, as pessoas ainda insistem em contrariar as leis de trânsito.

“O que nós precisamos é uma educação no trânsito, mudar a cultura do campo-grandense. Para ter noção, o Detran tem ido recolher as carteiras em casa. Tem casos de pessoas que têm até cem pontos na carteira. Não tem como a gente fazer milagres, uma virada de página só é possível fazer com o apoio da população”, disse.

Condições dos veículos também foram verificadas (Foto: Alcides Neto)Condições dos veículos também foram verificadas (Foto: Alcides Neto)


Boa parte do trecho da BR 262 entre Três Lagoas e Água Clara está em péssimas condições de tráfego, com muitos buracos e acostamento "Zero". Está um verdadeiro corredor da morte. Trânsito intenso de automóveis, caminhões e enormes carretas. Gostaria de deixar aqui o meu apelo para que as autoridades tomem alguma providência urgente, pois os riscos de acidentes são muito altos. A empresa ENPA que prestava serviços de manutenção abandonou o trecho a muito tempo e agora com este período de chuvas a situação se agrava ainda mais. Esperamos soluções urgentes, pois, com certeza iria poupar vidas, principalmente neste período de festas do final de ano que o trânsito aumenta ainda mais.
 
Wilson em 12/12/2014 21:53:11
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions