A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

05/06/2013 12:10

Sanesul vai investir 1 bilhão em obras de saneamento até 2014 em MS

Francisco Júnior
A Sanesul executa obras de saneamento no valor de R$ 1 bilhão em Mato Grosso do Sul. (Foto: Divulgação)A Sanesul executa obras de saneamento no valor de R$ 1 bilhão em Mato Grosso do Sul. (Foto: Divulgação)

Até 2014, a Sanesul vai investir R$ 1 bilhão no programa de saneamento de Mato Grosso do Sul, maior de toda a história do Estado.

Hoje (5), Dia Mundial do Meio Ambiente, o presidente da empresa, José Carlos Barbosa, destacou os investimentos feitos desde 2007. “Hoje, os nossos investimentos já ultrapassam os R$ 820 milhões, mas a nossa meta é fechar R$ 1 bilhão até o ano que vem, levando água para as 123 localidades que atendemos e uma cobertura de esgoto de, no mínimo, 50%”, assinalou. No total, já foram instaladas 3,7 mil quilômetros de novas redes elevando a cobertura de água para 98%.

Para Barbosa, estender a rede de esgoto e tratá-lo antes de devolver à natureza é vital para a proteção do meio ambiente. “Mato Grosso do Sul é rico em águas e todos nós precisamos valorizar e aprender a cuidar de nossos rios e mananciais – eles são fontes de vida, a nossa vida”, adverte Barbosa. 

Para José Carlos Barbosa, estender a rede de esgoto e tratá-lo antes de devolver à natureza é vital para a proteção do meio ambiente. (Foto: Divulgação)Para José Carlos Barbosa, estender a rede de esgoto e tratá-lo antes de devolver à natureza é vital para a proteção do meio ambiente. (Foto: Divulgação)

Para se ter uma noção do valor investido, de 1999 até 2006 foram aplicados no programa de saneamento apenas R$ 85 milhões.

Nas maiores cidades, o investimento é mais representativo. Dourados passa de 25 para 85% de cobertura de rede de esgoto, Três Lagoas chega a 97%, Ponta Porã vai a 95% e Corumbá alcança 80%.

Corumbá - No caso de Corumbá, antes de 2007, a cidade não tinha um metro sequer de rede de esgoto e despejava todos os dejetos no rio Paraguai. Agora o município conta com duas estações de tratamento e mais de 200 quilômetros de rede coletora.

Governador André Puccinelli e o presidente da Sanesul, José Carlos Barbosa. (Foto: Divulgação)Governador André Puccinelli e o presidente da Sanesul, José Carlos Barbosa. (Foto: Divulgação)

Dourados - Dourados também recebe o maior investimento de toda a sua história em água e esgoto. A Sanesul e os governos estadual e federal aplicam R$ 135 milhões no município. Serão 752 quilômetros de rede de coleta e tratamento de esgoto, elevando a cobertura de esgoto em Dourados de 25% para 85%.

Balanço – Em seis anos, a Sanesul aumentou em 1000% os investimentos aplicados no Estado, ampliou para 1,3 mil quilômetros a rede de água e para 2,3 mil a de esgoto, construiu 95 poços tubulares, 69 reservatórios e 30 ETEs (Estação de Tratamento de Esgoto), reformou nove ETAs (Estação de Tratamento de Água) e realizou 28 obras de ampliações e melhorias.

Neste período, foram adquiridos 263 veículos, renovando em 150% a frota da empresa.



Esclareça, por favor: os recursos são próprios, do Estado ou do PAC?
 
Paulo Ribeiro em 05/06/2013 13:41:43
Quero saber e cpo grde/ms, qdo será?????
 
Sandra ALves em 05/06/2013 13:37:45
MENTIRA!!! São repasses federais voluntários ao Estado via convênios e PAC (Funasa, Ministérios da Cidades, etc), que a Sanesul incorpora e se diz dona do feito.
E tenho dito!!
 
José Leonardo Reis em 05/06/2013 13:01:10
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions