A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

09/03/2010 14:38

Saúde de irmãs siamesas piora e compromete exames

Redação

Estado de saúde das irmãs Eduarda e Vitória, que nasceram unidas pelo tronco, piorou de ontem para hoje e é considerado grave, segundo Boletim Médico divulgado pelo Hospital Regional de Campo Grande.

No documento, o HR informa que o quadro das meninas é instável. A pressão arterial e os batimentos cardíacos sobem e descem com freqüência e é preciso o uso de medicamentos para controlar essa oscilação.

As recém nascidas estão no CTI desde o parto, no dia 5 de março. As condições clínicas delicadas impedem que novos exames sejam feito para verificar o grau de comprometimento dos órgãos.

Apesar da forte suspeita de que as irmãs dividem o mesmo coração, os 3 exames já feitos, 2 eletrocardiogramas e 1 tomografia, não conseguiram mostrar com clareza a situação.

Só uma angioressonância poderia informar precisamente se as siamesas têm realmente apenas um coração. Caso isso se confirme, complicará muito a possibilidade de separação das crianças.

As condições clinicas não permitem exames complementares, por causa da fragilidade dos bebês. Para passar pela angioressonância, seria necessária transferência até uma clínica especializada, já que não há equipamento específico no Hospital Regional.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions