A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

28/01/2008 15:28

Saúde vai revisar casos de dengue neurológica em MS

Redação

Os dez casos registrados de complicações neurológicas em decorrência de dengue registrados em Campo Grande serão revisados. A informação é do infectologista da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) Rivaldo Venâncio, que acompanhou os casos registrados no Hospital Dia e no HU/UFMS (Hospital Universitário da UFMS) no ano passado.

Conforme o infectologista, o levantamento dos prontuários fica pronto até o fim de fevereiro. O objetivo da revisão é depurar o diagnóstico e reforçar as conclusões sobre os casos. Já está confirmado que todas as pessoas tiveram dengue, nenhuma delas na forma hemorrágica. Na maioria dos casos, as complicações neurológicas apareceram depois que a febre cedeu, mas houve acometimentos no auge da infecção.

Entre os pacientes foram registradas diversas complicações neurológicas, nenhum apresentou seqüelas. "Regridem de forma satisfatória de uma, duas semanas ou no caso tardio até três meses". Das manifestações descritas pelo comprometimento neurológico estão: dificuldades parar caminhar, atrofia parcial de braços e paralisia facial.

Rivaldo Venâncio explica que o quadro integra os sintomas da dengue clássica, ou seja, não é um novo tipo da doença. "Há pelo menos dez anos existem essas descrições", afirma. Em Campo Grande, o comprometimento neurológico como conseqüência da dengue é descrito há cerca de seis anos, disse o infectologista.

MEC deve homologar Base Comum Curricular na próxima quarta-feira
O Ministério da Educação informou que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada hoje (15) pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), deve ser ...
Presos da penitenciária federal da Capital são julgados por crime em RN
Um preso custodiado no presídio federal de Campo Grande foi julgado, ao lado de outros três homens, na quinta-feira (14) e nessa sexta-feira (15) por...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions