ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, DOMINGO  09    CAMPO GRANDE 28º

Cidades

Secretaria discute melhorias e alterações no Vale Universidade Indígena

Por Leonardo Rocha | 19/04/2015 19:39

A Sedhast (Secretaria de Estado de Direitos Humanos e Trabalho) está discutindo com a UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul), possíveis mudanças e melhorias no regulamento do Programa Vale Universidade Indígena. Neste estudo com a equipe de extensão universitária, a meta é que o programa tenha mais acesso do público ao benefício.

Houve na semana passada a primeira reunião de trabalho entre a Secretaria e a Universidade, que teve a participação da Superintendência de Projetos Especiais da pasta e do reitor da UEMS, Fábio Edir Santos Costa. Neste encontro, pode ser debatido estas possíveis mudanças, para favorecer os estudantes da comunidade indígena.

O programa Vale Universidade Indígena promove o auxílio acadêmico da UEMS, que trata da quantia de R$ 300,00 por mês, além de vale-transporte. Além deste apoio financeiro, possibilita experiências profissionais em órgãos da administração pública, seja municipal, estadual ou federal, além de Ongs (Organizações Não Governamentais). Esta iniciativa que começou em 2007, já atendeu mais de 800 estudantes, sendo que neste ano, existem 45% de vagas a mais que em 2014.