A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 18 de Setembro de 2018

18/06/2018 21:34

Sem nunca ter vindo à MS, paranaense recebe multa por infração na Capital

Autônoma garante nunca ter deixado o Estado onde mora com o carro que possui a aproximadamente 10 anos

Liniker Ribeiro
Notificação recebida por moradora do Paraná (Foto: Direto das Ruas)Notificação recebida por moradora do Paraná (Foto: Direto das Ruas)

Uma autônoma de 51 anos, que reside atualmente em Apucarana, no Paraná, afirma ter se assustado ao receber em casa a notificação de uma multa de trânsito registrada em Campo Grande, no mês de maio. De acordo com o documento, o condutor do veículo não usava cinto de segurança e foi flagrado por volta das 17h15 do dia 15, na rua Pernambuco, região central da Capital.

O motivo de preocupação para a proprietária de um veículo Zafira, há aproximadamente dez anos, é que ela nunca esteve na cidade, ainda mais com o carro citado no documento. "Eu nunca nem sai com meu carro aqui do Estado", afirmou a autônoma ao Campo Grande News.

Com medo de o veículo ter sido clonado, a mulher chegou a procurar uma delegacia da cidade e também o Detran-PR (Departamento de Trânsito do Paraná) para registrar o ocorrido, e foi orientada a preencher documentos relatando a situação.

"Fico com medo de ter a possibilidade de vir outra multa ou meu carro estar clonado e alguém estar cometendo crimes por aí. Eu tenho minha vida particular aqui e não posso sair", relatou.

Considerada grave, a infração prevê 5 pontos na carteira e pagamento de R$ 195,23. "Posso até conseguir o dinheiro para pagar, mas como fica minha carteira? Logo comigo que nunca fui multada, ando regularmente e não vou nem na esquina sem cinto", argumenta.

A reportagem entrou em contato com a Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) para saber o que pode ter acontecido, nesse caso, mas não tivemos resposta até o fechamento da matéria.

Conforme orientação na própria guia de notificação, o condutor que receber uma notificação como essa pode apresentar recurso até a data de vencimento do documento. A "Defesa de Autuação" deve ser enviada para a Agetran por meio dos Correios, no endereço descrito no verso do documento ou junto ao Detran de origem do veículo.

Direto das Ruas – A sugestão de pauta chegou ao Campo Grande News por meio do canal Direto das Ruas, canal de interação do leitor com a redação. Quem tiver flagrantes, sugestões, notícias, áudios, fotos e vídeos pode colaborar no WhatsApp pelo número (67) 99955-2040, pela ferramenta Fale Conosco ou por mensagem enviada via Facebook.

Para que sua imagem tenha mais qualidade, orientamos que fotos e vídeos devem ser feitos com o celular na posição horizontal.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions