A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

20/06/2013 12:35

Semy afirma que obras de mobilidade urbana iniciam em janeiro de 2014

Leonardo Rocha

O secretário da Seintrha (Secretaria Municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação), Semy Ferraz afirmou que as obras de mobilidade urbana em Campo Grande irão se iniciar em janeiro de 2014. Ele destacou que em setembro as empresas começaram a se contratadas para a execução das obras.

O prefeito Alcides Bernal (PP) anunciou hoje, durante entrevista coletiva, investimento de R$ 120 milhões voltados à mobilidade urbana em Campo Grande. Ele disse que serão construídos terminais, viadutos e corredores de ônibus. Bernal ainda ressaltou que o governo federal irá disponibilizar cerca de R$ 59 milhões para esta finalidade, chegando ao total de R$ 179 milhões. “Esta modernização no trânsito da cidade irá diminuir acidentes e permitir que a população tenha melhores condições”, destacou.

O recurso proveniente da prefeitura será adquirido por meio de empréstimo ao governo federal, para investimento neste setor. Bernal ressaltou que o município continua buscando novas parcerias com o governo federal, para que haja investimentos em outras áreas.

Histórico – Este recurso de R$ 180 milhões havia sido assegurado pelo ex-prefeito Nelsinho Trad (PMDB) e continuado por Bernal, no início do ano Nelsinho fez uma série de recomendações ao novo prefeito para que este não perdesse projetos e documentos ao governo federal.

Governo altera datas de teste físico de concurso da Polícia Civil
Foram alteradas as datas para realização da avaliação de aptidão física dos candidatos que continuam a participar do conurso público para escrivão e ...
Mega-Sena acumula e prêmio no sábado pode chegar a R$ 39 milhões
A Mega-Sena mais uma vez ficou sem vencer na noite desta quarta-feira (13) e, assim, acumulou. O prêmio pode subir para R$ 39 milhões no sorteio do p...


Isto me faz lembrar que o Nelsinho disse que esse recurso não viria por conta da falta de investimento em 60 novos ônibus articulados para operação nos corredores, rescindindo a licitação com as empresas de transporte urbano (lembrando que as empresas abriram mão da multa contratual, que não era pouco dinheiro), feita nova licitação, com apenas um concorrente que só perdeu por não aceitar recontratar os trabalhadores. Detalhe, ganharam as mesmas empresas. Isto sim é motivo para protesto realmente, ainda mais num sistema de transporte ineficiente como o nosso. Cidade Morena, vamos mudar a nossa história, vamos fazer diferente...
 
Andres Amaral em 20/06/2013 13:36:55
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions