A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

25/08/2010 10:03

Servente alega que matou homossexual por legítima defesa

Redação

O auxiliar de pedreiro Estevão Ricardo Fonseca Duarte, 28, teve prisão preventiva decretada por homicídio qualificado por motivo torpe. Ele assumiu o assassinato de Sidnei Nascimento, 30, no último sábado.

Sidnei, que foi encontrado nu no chão de sua casa, foi morto com nove golpes de tesoura. Duarte alega legítima defesa, apesar das nove tesouradas. Ele tem passagens por porte de drogas e violência doméstica.

Os dois foram vistos juntos em três ocasiões, na madrugada de sábado. Em uma conveniência próxima ao camelódromo, em frente à boate Bistrôt e na escadaria da Morada dos Baís. A delegada responsável pelo caso, Rozeman de Paula, acredita que eles se conheceram do lado de fora da boate. Após isso, foram para a casa de Sidnei, que fica próximo a praça Aquidauana, no Centro, e lá ocorreu o homicídio.

Duarte diz que Sidnei o chamou até sua casa para conversar e uma vez lá dentro, queria ter relações sexuais e ele, que diz não ser homossexual, não queria.

A vítima teria trancado a casa e disse que ele só sairia se os dois tivessem relações, ameaçando-o com uma cadeira.

Diante disso, de acordo com a versão de Duarte, ele pegou uma tesoura e golpeou Sidnei, que estava nu.

Ele também pode será indiciado por latrocínio, já que a irmã da vítima sentiu falta de um casaco, celular e a mochila de Sidnei.

A delegada acha que é difícil provar essa tese. A motivação para roubar o casaco teria sido para esconder o sangue. Mas se comprovarem que o celular e a mochila foram roubados, de fato, o latrocínio, assalto seguido de morte, pode ser confirmado.

Duarte foi preso com a mesma camisa que usava no dia do crime. A peça de roupa passará por perícia.

Testemunhas disseram que Duarte rondava a região do centro e seria usuário de drogas. No dia do crime, ele teria mexido com alguns travestis na rua 7 de setembro, antes de ir para a frente da boate. A Polícia Civil chegou até o suspeito através de denúncia anônima e ele foi preso ontem, em uma obra onde trabalhava.

Carro roubado no RJ é recuperado em estrada rumo ao Paraguai
Um automóvel recentemente roubado no Rio de Janeiro foi recuperado por policiais militares em uma estrada vicinal de Japorã –a 487 km de Campo Grande...
Recesso de fim de ano começa nesta semana no Judiciário e Legislativo
Na reta final de 2017, para alguns servidores a "folguinha" das festas começa mais cedo. Em orgãos Estaduais e Federais de Mato Grosso do Sul, tem re...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions