A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

06/10/2010 10:34

Sindicato garante que liminar não impede piquete

Redação

Mesmo com a liminar obtida pelo JBS/Bertin proibindo a aglomeração dos grevistas na frente do frigorífico, aproximadamente 450 pessoas continuam protestando no local. Os grevistas alegam que ainda não receberam nenhum comunicado oficial para que se retirassem.

Os manifestantes preferem não se identificar com medo de sofrer algum tipo de represálias na empresa. Um dos organizadores do piquete disse que, caso a justiça solicite, a retirada aconteceria sem problemas. Ainda assim eles garantem que a greve continua.

Pela decisão do TRT (Tribunal Regional do Trabalho), os grevistas não podem impedir a entrada e saída de pessoas na frente do frigorífico, o que segundo a empresa, estaria acontecendo.

Desta forma, a advogada do Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias de Carne e Derivados de Campo Grande, Valdira Gallo, disse que a liminar não proíbe os manifestantes de estarem no portão, mas sim, apenas de bloquear a entrada.

Já os manifestantes insistem que não há bloqueio de veículos na frente da empresa. Alguns ônibus, porém, teriam sido parados na entrada da indústria e retidos por algum período de tempo até que entrassem.

De acordo com o sindicato, os coletivos foram impedidos de entrar para que os funcionários que não quisessem trabalhar descessem. Enquanto o motorista se recusava a abrir a porta o veículo foi mantido no local.

Valdira garante que orientações acerca da entrada e saída de pessoas e veículos foram passadas aos grevistas. "Senão será gerada multa de 50 salários no valor do piso salarial dos trabalhadores por dia".

Eleições

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions