A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

18/12/2014 14:00

SIS 2014: MS é o segundo estado com maior número de jovens que só trabalham

Flávia Lima
Necessidade de ajudar em casa faz jovens optarem apenas pelo trabalho.Necessidade de ajudar em casa faz jovens optarem apenas pelo trabalho.

De a cordo com os dados da SIS 2014 (Síntese de Indicadores Sociais) divulgados esta semanas pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), Mato Grosso do Sul tem 50,4% dos jovens entre 15 e 29 anos que tem como única ocupação, o trabalho. O estado fica atrás apenas de Santa Catarina, onde o percentual é de 51,9% entre os jovens da mesma faixa etária. Em todo o Centro-Oeste, esse índice é de 45%.

É o caso da atendente Kamilla Lopes Adolfo, 25. Ela conta que precisou adiar o sonho de concluir a universidade para manter a casa que mesmo com a renda do marido, ficaram altas. Ela fez um curo técnico na área de Recursos Humano, porém almeja uma pós-graduação. “No momento não dá porque estou trabalhando só como temporária, mas quem sabe no próximo ano”, ressalta.

Em contrapartida, Mato Grosso do Sul está em 27º lugar, ou seja, é o último estado da Federação com jovens entre 15 e 29 anos que que só estudam (17,9%). No Centro-Oeste, o percentual é de 22,5%. Já na categoria dos que trabalham e estudam, o estado empata com o Tocantins, com 14,5% dos jovens tendo as duas ocupações. Em todo o Centro-Oeste, este número é de 15%.

Na categoria dos que não trabalham e nem estudam, Mato Grosso do Sul tem 17,2% dos jovens e ocupa a quinta posição no ranking dos estados. No Centro-Oeste, 17,5% da população entre 15 e 29 anos não tem qualquer tipo de ocupação. Em primeiro lugar está o Amapá (28,9%).

A maioria dos jovens que possuí emprego em Mato Grosso do Sul está compreendida na faixa dos 25 a 29 anos (81,3%). O menor índice dos empregados está na faixa dos 15 a 17 anos (27,2%). Quanto a faixa salarial, dos jovens entre 15 a 29 anos, 51,3% recebem de um a dois salários mínimos, 20,1% ganham mais de dois salários e 7,1% recebem até meio salário.

Mega-Sena acumula de novo e prêmio estimado sobe para R$ 43,5 milhões
Mais uma vez a Mega-Sena ficou sem vencedor na faixa principal e, com isso, a premiação acumulou e pode chegar a R$ 43,5 milhões no próximo concurso,...
Mega-Sena pode pagar R$ 39 milhões no sorteio deste sábado
A Mega-Sena deste sábado (16), que está acumulada, pode pagar R$ 39 milhões para quem acertar os seis números. O concurso 1.997 ocorre às 20 horas, h...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions