A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

10/03/2009 16:38

Supermercadistas e empregados discutem reajuste amanhã

Redação

Supermercadistas e empregados sentam amanhã, pela primeira vez este ano, para discutir as propostas da nova Convenção Coletiva de Trabalho 2009/10.

Entre os assuntos que serão debatidos, estão o reajuste salarial de 12% solicitado pelo Sindicato dos Empregados no Comércio de Campo Grande e a negociação de alguns dos 12 feriados em que a justiça trabalhista de Mato Grosso do Sul proibiu as empresas de colocarem os funcionários para trabalhar.

Segundo o presidente do sindicato, Idelmar da Mota Lima, o encontro será nesta quarta-feira, às 17h, na sede do sindicato patronal, no bairro São Francisco.

Ele explicou que o percentual solicitado (12%) é o mesmo concedido pelo Governo Federal ao salário mínimo.

Idelmar acredita que este ano não haverá dificuldade para fechar acordo, uma vez que os comerciários têm um grande trunfo nas mãos, que são os feriados.

"A categoria está disposta a abrir mão de alguns feriados, em troca de remuneração por esses dias trabalhados e ainda, mediante algumas compensações", comentou.

Idelmar espera fechar acordo semelhante ao realizado com os lojistas de Campo Grande, que pagam 7% do piso salarial, que equivale a R$ 39,20, pelo feriado trabalhado (pagos no mesmo dia) e ainda fornecem refeição, vale transporte e uma folga na semana subseqüente.

"Desta forma, ou com maiores vantagens, podemos até aceitar. Do contrário, prevalecerá a Lei em favor dos empregados, ou seja, não haverá funcionamento de supermercado na cidade. A não ser, é claro, que o dono do estabelecimento coloque seus familiares para atendimento à população", explicou o sindicalista.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions