A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

04/08/2010 09:25

Suspeito morto por PM tinha passagens desde adolescente

Redação

Luiz Eduardo Batista Rezende, 21 anos, morto ontem à noite após perseguição policial tinha várias passagens pela Polícia, conforme apurado.

A primeira é de quando era ainda adolescente, por porte ilegal de arma de fogo e furto. Depois de completar 18 anos, também teve passagens por furto, desobediência, novamente por porte ilegal de arma de fogo e ontem teria assaltado uma lan house localizada na Rua General Alcoforado, Bairro Piratininga.

Segundo a Polícia, Luiz Eduardo e um comparsa invadiram o estabelecimento e roubaram celulares do funcionário e de um cliente e R$ 64,00. Testemunhas anotaram a placa da moto usada pelos assaltantes e os policiais o encontraram.

Armado, Luiz Eduardo tentou fugir e resistiu à prisão e ordem para que entregasse a arma, por isso foi baleado, primeiro na perda, depois no pescoço. A PM informou que ele teria tentado atirar, mas não conseguiu porque a arma falhou.

Com Luiz Eduardo foi encontrada a pistola usada no assalto, além de um celular roubado e parte do dinheiro. O comparsa dele fugiu.

No sábado Luiz Eduardo estava com um grupo de rapazes armados, que foram abordados por policiais militares do pelotão do bairro União. Na ocasião Luiz Eduardo não portava arma, mas levado para a delegacia porque conduzia o carro em que estava o grupo, um Kadet preto, de placas HQI-0911, pertencente a Luiz Eduardo, que não tinha habilitação.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions