A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 22 de Setembro de 2018

01/03/2018 12:18

Temer anuncia a governadores ajuda financeira para equipar policiais

A vice-governadora de Mato Grosso do Sul, Rose Modesto, participou da reunião

Marta Ferreira
Rose, de blusa branca, durante a reunião com os governadores e Temer. (Foto: Leca Vetor)Rose, de blusa branca, durante a reunião com os governadores e Temer. (Foto: Leca Vetor)

O presidente Michel Temer anunciou nesta manhã, durante reunião com governadores que o governo tem um plano de ajuda financeira aos estados para reequipamento das polícias locais e estaduais. A vice-governadora Rose Modesto participa do encontro e levou um documento com as reivindicações de Mato Grosso do Sul.

O recém-empossado ministro extraordinário da Segurança Pública, Raul Jungmann, participa do encontro, além da presidente do Supremo Tribunal Federal, ministra Cármen Lúcia, e dos presidentes do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), e da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

“Não são poucos os casos de governadores que vêm a mim e aos ministros e dizem: 'olha temos que reaparelhar a segurança pública', afirmou o presidente, segundo a Agência Brasil.

"Temos um plano já delineado, na noite de ontem, de maneira que possamos ajudar a financiar os estados para o reequipamento das polícias locais, estaduais. Não poderíamos nos furtar a isso, tendo em vista essa angustiante preocupação que existe em todos os estados brasileiros”, afirmou Temer em discurso na abertura da reunião.

O presidente, segundo a Agência Brasil, lembrou uma verba destinada no ano passado à construção de penitenciárias nos estados. Segundo ele, neste ano, a verba foi redestinada de forma a disponibilizar recursos para a construção de 25 presídios pelo poderes locais e cinco penitenciárias federais.

“Eu iria pedir aos senhores e senhoras que se esforçassem para essa abertura de vagas, porque nós todos sabemos que o sistema penitenciário está lotadíssimo. Onde há lugar para mil presos, às vezes, há 2 mil detentos. Então, precisamos tentar desafogar, ou seja, mesmo essas 30 penitenciárias não serão suficiente para tanto.”

Temer convocou os governadores a se mobilizar e trabalhar de forma integrada na área de segurança pública para dar à sociedade uma resposta ao considera uma das principais preocupações do brasileiro. “Nós sabemos que a segurança pública é um dos primeiros itens de preocupação do nosso povo brasileiro e, por isso, a reunião aqui se deve precisamente a isso: nós queremos revelar não apenas simbolicamente, mas passando ao fenômeno executório, que os estados todos também estão integrados nesta batalha pela segurança pública nas suas localidades”, disse.

Conforme a Agência Brasil, Temer pediu que os governadores reúnam entidades representativas da sociedade para trabalhar em favor da segurança pública. “Reitero: a segurança hoje não é um caso só do estado do Ceará, Amazonas ou [de] São Paulo, mas é ultrapassante das próprias fronteiras estaduais.”

“A certeza de que estamos dando uma demonstração ao país de que o Brasil está unido, não só por força dos poderes federais, mas também por força dos poderes locais, dos senhores governadores, vice-governadores que aqui se encontram. Acho que isso causará uma sensação já estabelecida, mas agora a ser desenvolvida de que todos estão preocupados com o tema”, disse.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions