A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

19/10/2011 12:12

TJ começou a analisar ontem pedido de liberdade para "Maníaco da Cruz"

Marta Ferreira
Dionathan Celestino segue internado. (Foto: Minamar Júnior/Arquivo)Dionathan Celestino segue internado. (Foto: Minamar Júnior/Arquivo)

Começou a traminar ontem no Tribunal de Justiça o pedido de liberdade para o Dionathan Celestrino, de 19 anos, que ficou conhecido por matar três pessoas em Rio Brilhante, município distante 163 quilômetros de Campo Grande, quando tinha 16 anos. O adolescente está na Unei (Unidade Educacional de Internação de Ponta Porã) e a liberdade dele foi pedida pela Defensoria Pública porque venceu o prazo legal de 3 anos para internação.

O pedido foi protocolocado na sexta-feirea, dia 14, e começou a correr ontem. O habeas corpus já está concluso para o relator, o desembargador Romero Osme Dias Lopes. Caso seja negado, a Defensoria terá de recorrer ao STJ (Superior Tribunal de Justiça).

O pedido da Defensoria Pública cumpre o que é exigido pelo ECA (Estatuto da Criança e Adolescente): o adolescente infrator não pode ultrapassar o período de três anos em internação, devendo o regime ser convertido após esse período para liberdade, semi-liberdade ou liberdade assistida. O prazo de três anos de internação do Maníaco terminou no dia 8.

O adolescente já poderia estar solto desde a sexta-feira (7), quando a defensoria fez o pedido de desinternação ao judiciário, no entanto, o titular da Vara de Infância e Juventude de Ponta Porã não se manifestou e ele, então, fez o pedido ao TJ.

Obrigação legal* O defensor responsável pelo pedido de liberdade, Eduardo Mondoni, ressaltou que o ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente) não permite outra “saída” para o destino do adolescente, que não pode mais ficar preso. No entanto, o Maníaco pode ser privado do convívio social se for interditado, ou seja, internado em clinica de tratamento psiquiátrico.

No dia 29 de setembro deste ano, o Judiciário pediu perícia psiquiátrica para o adolescente, mas a informação preliminar é de que o laudo ainda não foi divulgado. Na época da prisão do Maníaco, em outubro de 2008, o Ministério Público emitiu documento dizendo que o ele não possuía distúrbios mentais. Outros laudos psicológicos já foram feitos durante a sua internação. Como o processo corre em segredo de justiça, a imprensa não tem acesso ao resultado.

Se for comprovado por laudo psicológico que o Maníaco sofre de graves problemas mentais e não tem condições de voltar para a sociedade, a promotoria ou a mãe do garoto pode pedir a interdição.

No caso da interdição ser pedida, outro processo será iniciado, em que o Maníaco pode responder tanto em liberdade quanto em internação, de acordo com a determinação da Justiça.

Crimes Aos 16 anos, Dhionatan aterrorizou a cidade de Rio Brilhante em 2008. Fez a primeira vítima no dia 2 de julho daquele ano, quando matou o pedreiro Catalino Gardena, que era alcoólatra. A segunda vítima foi a frentista homossexual Letícia Neves de Oliveira, encontrada morta em um túmulo do cemitério do município, no dia 24 de agosto.

A terceira e vítima foi Gleice, achada morta seminua em uma obra, no dia 3 de outubro. Próximo ao corpo dela ele deixou um bilhete com várias cruzes e letras soltas que, dentre as possibilidades, formava a palavra inferno.

Dionathan foi apreendido no dia 9 de outubro, seis dias após o último assassinato, em casa. No quarto dele, foram encontrados posters do Maníaco do Parque e de um diabo, coloados ao guarda-roupa. Também foi achado um envelope de cor azul, contendo um um papel com nome das vítimas, escrito em vermelho. Foram encontrados ainda três jornais com reportagens sobre os assassinatos e pertences das vítimas.

Para cometer os crimes ele utilizava luvas cirúrgicas. Estrangulava as vítimas e terminava de matá-las com faca, arma com a qual ele escreveu INRI (Jesus Nazareno Rei dos Judeus) no peito do primeiro alvo. Entrevistado pelo Campo Grande News quando foi apreendido, o garoto afirmou que não estava arrependido.



O povo de rio brilhante esta torcendo pra que soltem este deliguente, pois a batata dele esta assando, basta soltar pra ver o que irá acontecer com ele.
 
Felipe Salinas em 20/10/2011 04:41:52
Asociedade não aguenta mais ter que conviver com o medo e a violencia que assola o pais! O estatuto protege o infrator menor,e quem protege as vitimas desses delinquentes,que tem a seu favor uma lei que de nada serve,senão para protege-los dos delitos que praticam! Se não houver outra lei que determine que a responsabilidade tambem e dos pais ou responsaveis as coisas continuarão a mesma!
 
Marcelo Nassif em 19/10/2011 12:43:23
É não e facil fazer um pedido para um cidadão como esse voltar a morar em sociedade, acho que deveria sair com direção a maxima mas fazer o que e a lei que determina, hoje em dia e assim so perde quem morre e os entes queridos que ficam bricagando por justiça, e novamente um maniaco desse nas ruas mais esse o BRASIL.
 
Paulo Alencar em 19/10/2011 04:07:06
Se o Dhionatan (maíniaco da cruz) ser solto e vier a cometer outro delito, único e exclusivo responsável será o Estado. Porque ele ficou 3 anos preso e o que o Estado ofereceu a ele de melhoria? Recebeu profissionalização? Deram aula de ressocialização? Deram aula de religão? O Estado deu gratuitamente o curso de Doutorado em Crimes Hediondos para continuar atuando em liberdade.
 
osmiro capistrano da costa em 19/10/2011 03:42:26
Ele vai acabar solto, como todos criminosos no Brasil, mas não se preocupem, o maximo que pode acontecer e ele matar mais alguns, mas isso não é nada nesta país. tantos criminosos são soltos e voltam a cometer crime deste tipo sem que nada seja feito, mais um ou menos um o que vai mudar. Absurdo manter preso um cidadão só por que ele matou alguem e e quase certo vai fazê-lo novamente, é a lei.
 
Cicero Prentice em 19/10/2011 03:18:51
Tanto aqui em rio Brilhante como em qualquer lugar tem homosexuais,alcolatras ,garotas e garotos de programas todos seres humanos ao contrario desse psicopata,que quer ser justiceiro,deixem mofar na cadeia,ou soltem para que alguem faça justiça com ele tambem,ai sim o inferno vai ter um hóspede de confiança do satan.
 
Davi Soares de Freitas em 19/10/2011 03:07:03
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions