A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 16 de Agosto de 2018

30/01/2012 22:26

Trotes à polícia e aos bombeiros caíram 6,2% em 2011, aponta Ciops

Elverson Cardozo

Chamados correspondem a 0,15% das ocorrências atendidas pela PM (Polícia Militar) e Corpo de Bombeiros

O número de trotes consumados à polícia e ao Corpo de Bombeiros de Mato Grosso do Sul registraram queda de 6,2% no ano passado. Segundo o Ciops (Centro Integrado de Operações de Segurança), os chamados correspondem a 0,15% das ocorrências atendidas.

Em 2011 foram registrados 142.895 tentativas de trote, o que corresponde a 12,4% das chamadas recebidas pela PM (Polícia Militar) e Corpo de Bombeiros. Apesar disso, o percentual é considerado estável pelo Ciops. Em 2010 a diferença foi irrisória; chegou aos 12,5%.

Trotes consumados, aqueles em que a viatura vai até o local chamado e só então a equipe percebe que se tratava de um trote, somaram, de janeiro a dezembro, 0,15% das ocorrências.

As tentativas de trote de maior freqüência registradas pelo 190 são feitas por crianças. Estudo realizado pelo Ciops mostrou que as maiorias das ligações ocorrem no horário de saída das escolas, com aumento de chamados às 12h e às 18h.

Crime – Passar trote é considerado crime segundo o Código Penal Brasileiro. A pena por comunicação falsa ou contravenção varia de 1 a 6 meses de detenção. Interrupção ou perturbação de serviço telegráfico ou telefônico tem pena prevista de 1 a 3 anos.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions