A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

31/07/2013 08:54

Vendedor de mel invade residência e estupra jovem de 20 anos na Capital

Graziela Rezende

Uma jovem de 20 anos foi estuprada por um vendedor de mel em Campo Grande. Segundo a delegada Rosely Aparecida Molina, titular da Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher), o fato ocorreu ontem (30), quando o suspeito bateu na casa da vítima, oferecendo mel. Ela decidiu comprar e, assim que abriu o portão, o homem invadiu o local e estuprou a menina.

“O procedimento foi feito no final da tarde, sendo que desde então os nossos policiais realizam diligências. Ele, bem como um outro suspeito de estupro, já foram identificados e a intenção é realizar a prisão o mais rápido possível”, afirma a delegada Molina.

Com a prisão, a Polícia Civil pretende descobrir se o suspeito estaria monitorando a vítima ou decidiu cometer o crime naquele momento.

Outro crime - Há três dias, assim que procurou por ajuda espiritual na Capital, uma mulher de 51 anos foi estuprada por um suposto pai de santo. Segundo a Polícia, a vítima entrou em contato com o autor, depois que a filha dela recebeu um panfleto na Rua Ana Luiza de Souza, no Bairro Pioneiros, na saída para São Paulo.

O anuncio dizia que o “pai de santo” fazia trabalhos espirituais e que não cobrava pelo serviço. Ela ligou para o número e o homem foi até a sua casa, posteriormente a levando de motocicleta para o local do crime. Enquanto cometia os abusos, ele chegou a pedir a ela para ficar calma, pois estava incorporado.

 

Desempregada procura ajuda espiritual e é estuprada por suposto pai de santo
Uma mulher de 51 anos foi estuprada por um suposto pai de santo, por volta das 18h deste domingo (28), em Campo Grande. Segundo a Polícia, a vítima e...
Câmara Federal regulamenta carreira dos agentes comunitários de saúde
Com a presença de agentes comunitários nas galerias da Câmara, os deputados federais concluíram hoje (12) a votação do projeto de lei que regulamenta...
Anvisa libera serviço de vacinação em farmácias de todo o país
Farmácias e drogarias de todo o país vão poder oferecer o serviço de vacinação a clientes. A possibilidade foi garantida em resolução aprovada hoje (...


Justamente a culpa não é da vítima. Pense bem: o Estado além de não poder proporcionar segurança, ele controla o porte e a posse de armas para cidadãos de bem (armas legais). Apenas bandidos tem acesso a elas (ilegalmente).
 
Agatha Colt em 01/08/2013 10:23:36
Agatha Colt - como assim? "explicar para sua própria família por que se permitiu ser violentada e humilhada sem ter feito nada para se defender"

Agora a culpa é da vítima, por não portar uma arma?! Affffff
 
JESSICA MACHADO em 31/07/2013 16:06:44
"explicar pr a família"????..."se permitiu ser estuprada"??? como assim?
 
LUCI FERREIRA em 31/07/2013 15:00:08
Roda nas redes sociais, o que fizeram com um vagabundo que estuprou e matou uma menina,... se não me falha a memória, foi no Estado da Paraíba. A polícia "disse" que não tinha achado o cara, então a população investigou, achou amarrou o vagabundo e depois o lincharam em praça pública. Não adianta a polícia prender, a justiça solta. então...
 
Eduardo Semir em 31/07/2013 14:54:47
mudando da agua para o vinho,ja que se trata do assunto.o componente mel.que fim levou a santa do mel????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????
 
DARIO DA SILVA souza junior em 31/07/2013 14:37:44
Vai virar mulherzinha na cadeia. kkkkkkkk
 
Junior Ferreira em 31/07/2013 13:40:22
Quando a mulher está armada, o estupro somente se consuma em menos de 3% dos casos. O que uma mulher prefere: explicar para a polícia por que o homem que tentou estupra-la está com uma bala no peito ou explicar para sua própria família por que se permitiu ser violentada e humilhada sem ter feito nada para se defender?
 
Agatha Colt em 31/07/2013 13:35:04
O acontecimento com essa mulher que foi procurar "ajuda espiritual" é o mais bizarro possível, difícil de acreditar, pois a "estuprada" pegou carona com o pai de santo na volta para casa!!! Só acredita nela quem é tolo.
Quanto à jovem que foi comprar mel e teve essa infelicidade, sinto muito e espero que prendam esse idiota o mais rápido possível.
 
Helena Mara em 31/07/2013 12:54:31
A própria família ou amigos da família da vitima devia capar o meninão, a policia não adianta e nem pode, mas tem que pegar e deixar com o povo por dois minutos que ele já volta manso.
 
MAXIMILIANO RODRIGO ANTONIO NAHAS em 31/07/2013 12:42:11
na minha opinião tarado tinha que ser capado em praça publica e sangrar até morrer mais se fizer isso os direitos humanos vem que nem loco porque elas não vão na casa das vitimas da apoio
 
marcos soares em 31/07/2013 12:03:41
Se já tivesse Lei para capar o individuo, com certeza seria 0 os casos desse tipo. Mas......
 
luiz alves em 31/07/2013 11:19:01
Se ele estava incorporado devem acordar ele com o cassetete só assim ele acorda!!!
 
Emanuel Alves em 31/07/2013 10:13:07
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions