A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 19 de Agosto de 2018

15/06/2010 13:25

Vítima de racha muda de hospital por falta de CTI

Redação

A estudante Mayana de Almeida Duarte, de 23 anos, ferida durante um racha praticado por outros dois jovens, teve que ser transferida para um hospital particular por falta de vaga no CTI (Centro de Terapia Intensiva) da Santa Casa de Campo Grande.

"Não tinha vaga lá, tentamos até o último momento", conta o pai da estudante, Marco Aurélio Duarte, 47 anos. Segundo ele, a família conseguiu encontrar a última vaga de CTI que estava disponível na cidade, para onde a jovem foi levada.

Ela está internada na Clínica Campo Grande por seu plano de saúde. De acordo com o pai, Duarte permanece em coma e seu estado de saúde é considerado grave.

Antes de mudar de hospital, ela foi submetida a cirurgia onde foram colocados pinos nas pernas, porque a jovem fraturou o fêmur com o acidente.

Ontem, a Polícia Civil instaurou inquérito para apurar as circunstâncias da colisão com um Vectra. Três testemunhas contaram que o motorista envolvido e o condutor de um Uno disputavam um racha na avenida Afonso Pena, quando um deles atingiu o Celta conduzido pela jovem.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions