ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, QUINTA  03    CAMPO GRANDE 24º

Em Pauta

Civismo, o segredo da vitória asiática sobre o vírus

Por Mário Sérgio Lorenzetto | 27/10/2020 08:29
Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Respondendo à pergunta de como o Japão conseguiu combater a pandemia com tanto êxito, em comparação com os Estados Unidos, o Brasil e a Europa, o ministro da Economia japonês Taro Aso, de mentalidade nacionalista, respondeu concisamente com a palavra "mindo", que literalmente significa "nível das pessoas". A palavra é problemática, pois no Japão também é empregada para assinalar sua superioridade. Mindo pode ser traduzida como "nível cultural". Choverão críticas japonesas sobre o ministro pelo aspecto chauvinista da declaração, não concordam com a superioridade, mas muitos concordaram com a ideia de civismo.


Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

O que une a China, com a Coreia e o Japão?

Não só o Japão, mas a China, a Coreia, Taiwan, Cingapura e Nova Zelândia conseguiram manter a pandemia controlada com nenhuma morte ou com raros falecimentos. Na Ásia praticamente não há reinfecção como na Europa. Nem a vergonhosa situação dos Estados Unidos e do Brasil que não saíram da primeira onda. Os números de contágios nos países asiáticos citados são tão baixos que podem ser desdenhados.


Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Para além da ideologia.

É bom recordar que o Japão é governado por dirigentes de direita, a Nova Zelândia por uma esquerdista, a Coreia por centristas e a China pelo Partido Comunista. Ideologicamente nada os une. Uma clara amostragem de que ideologia só serve para nos dividir. Não resolve problema algum.


Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

A digitalização da vida de nada serviu.

No início da pandemia, esses países asiáticos apostaram firmemente no seguimento digital das pessoas e dos bairros. Quebraram a cara. A China e a Coreia investiram bilhões de dólares em um fortíssimo aparato para descobrir quem tinha coronavírus em em seguida, isolá-lo. A infecção é causada, em enorme percentual, nas reuniões familiares, de nada adiantava ficar seguindo cada indivíduo. Logo, perceberam que a melhor solução estava nas tradições de seus povos. Estava no civismo.


Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

A ação conjunta venceu o vírus.

Não é novidade. Esses países asiáticos estão acostumados milenarmente a agir em conjunto. Japão, Coreia, China e N.Zelandia entraram em confinamento por pouco tempo. O civismo já encantava todos os brasileiros que passaram por esses lugares. Deveria não só encantar, mas servir de modelo. Um povo desunido jamais será vitorioso. Não vence nem campeonato de cuspe à distância.


Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Polícia para acabar com festas?

Nada é mais bárbaro que as imagens de multidões de jovens festejando em plena pandemia. Nada é mais absurdo que ver esses jovens cuspindo em policiais que tentam acabar com as festas. Que as pessoas não confiem em seus governantes também é marca de ausência ou de decadência do civismo.
Invocam a liberdade. A liberdade não é adversária do civismo. Paradoxalmente, os asiáticos são mais livres exatamente por causa do civismo. Eles acatam voluntariamente às restrições higiênicas impostas pelo vírus - e não pelos governantes. Também os danos econômicos são muito menores que nos Estados Unidos, no Brasil e na Europa. Essas economias asiáticas sofreram quedas. Nenhuma tão drástica quanto às brasileira, norte-americana ou europeia.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário