ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, QUARTA  21    CAMPO GRANDE 28º

Em Pauta

Gravidez insana: gestação na boca, macho grávido, 3 vaginas...

Por Mário Sérgio Lorenzetto | 10/09/2020 09:26
Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

O cavalo do mar é um dos exemplos mais emblemáticos quanto a gestações curiosas. Quem faz a gestação é o macho. Esses pequenos animais marinhos podem medir desde 2 centímetros até 20. Em função do tamanho, Varia a quantidade de ovos que podem fabricar e incubar. Os cavalinhos menores não superam 30 ovos. Já os maiores, chegam a ter 2.000 ovos. Há uma total sincronização entre o casal. Uma fêmea produz lotes de ovos sucessivamente e os passa imediatamente para os machos. O ciclo é repetido de 6 a 8 vezes ao ano. É um dos melhores exemplos de eficiência reprodutiva.


Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Canguru fêmea têm três vaginas.

É surpreendente. Existe uma fêmea com três vaginas. Os cangurus fêmeas têm três vaginas, dois úteros e são capazes de interromper a gravidez para aguardar o melhor momento de levar a cria para o marsupio - a bolsa famosa, onde protegem os filhotes. As duas vaginas laterais são as responsáveis por levar o esperma dos machos a cada um dos úteros. A vagina central é onde o bebê canguru desce para ver a luz. Depois de uns trinta dias de gestação, o bebê canguru vem à luz. É diminuto. E por isso, é levado ao marsupio, onde fica se alimentando durante meses, protegido por uma membrana.


Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Gestação na boca.

Alguns peixes de águas profundas, como os Parazen pacificus, protege seus ovos dos predadores incubando-os na boca. Acabam de descobrir mais de 500 ovos na boca desse peixe. Esse animal vive entre 150 e 500 metros de profundidade. E mede tão somente 14 centímetros. Há outras 53 espécies de peixes que são capazes de proteger seus ovos da mesma maneira.


Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Canibalismo fraterno.

A fêmea do tubarão touro põe vários ovos. Todavia, alguns tubarõezinhos comem seus irmãos até desenvolverem-se completamente. O tubarãozinho branco faz algo semelhante. Na primeira fase, se alimenta do líquido intra-uterino, para, em seguida, alimentar-se de outros ovos que a fêmea colocou dentro do útero. O tubarão branco da Groenlândia é recordista em número de filhotes. É capaz de carregar até 300 crias dentro da barriga.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário