A notícia da terra a um clique de você.
 
15/05/2018 08:33

Rússia 2018: raio-X dos times que teremos de superar

Mário Sérgio Lorenzetto
Rússia 2018: raio-X dos times que teremos de superar

Tite e sua seleção terão de ultrapassar obstáculos possíveis. Não será um passeio de turismo, mas temos melhores condições de chegar à fase seguinte sem muitos sofrimentos. Suiça, Costa Rica e Servia são times com poucos craques, mas muita garra e vontade.

Rússia 2018: raio-X dos times que teremos de superar
Rússia 2018: raio-X dos times que teremos de superar

A seleção suíça tem excelente espírito de grupo.

Surpreendentemente, não houve muita euforia quando a Suíça se classificou para o mundial depois das partidas de playoff contra a Irlanda do Norte. Os suíços parecem haver-se acostumados a que sua equipe jogue os grandes torneios e elevaram suas expectativas. Em consonância, os suíços esperam que sua equipe alcance as oitavas de final e talvez mais. Esse grupo tem um excelente espírito de equipe, são muito positivos e têm uma vontade tremenda de triunfar. Afirmam que sempre desejam alcançar metas mais altas. Como poucas equipes, sabem ajustar seu jogo contra oponentes melhores, como quase conseguiram no mundial do Brasil. Por pouco não eliminaram a Argentina.
Granit Xhaka é o coração da equipe e marca o ritmo do jogo. Com jogadores criativos e velozes como Shaqiri e Steven Zuber, a Suíça é sempre capaz de criar algo pelos lados do campo, sobretudo porque tem as costas cobertas por potentes laterais: Lichtsteiner da Juventus, na direita e Ricardo Rodriguez, do Milan, na esquerda. Também conta com dois bons beques: Fabiän Schar e o jovem Manuel Akanji dão conta de boas chances de não levarem gols. A parte mais débil da equipe é o ataque, quase sempre ocupado por Seferovic. Se não lhe chegam boas jogadas, quase sempre luta muito e pouco ganha. Fica na maior parte do tempo desconectado do jogo.

 

TRAJETÓRIA NOS MUNDIAIS

 

Rússia 2018: raio-X dos times que teremos de superar
Rússia 2018: raio-X dos times que teremos de superar

A Costa Rica quer igualar a façanha do Mundial no Brasil.

Rússia 2018: raio-X dos times que teremos de superar

A Costa Rica foi uma das principais sensações há quatro anos quando alcançou as quartas de final no Mundialdo Brasil. Agora, enfrenta o desafio de igualar essa façanha. A "Sele", como é chamada em seu pequeno país, demonstrou que isso é possível pois comprou as passagens para a Rússia, vencendo a chave da Concacaf, faltando duas partidas para o término da disputa. Um feito encorajador.
A Sele continua jogando bem fechada no 4-5-1. Navas, do Real Madrid, é o goleiro e sua maior estrela. Na frente, desponta Março Ureña, do San José dos Estados Unidos, que joga com velocidade.
A Costa Rica terá de lutar muito para voltar a estar entre os oito melhores do mundial, mas não surpreenderá, por ter qualidade, e chegar à fase de grupos.

 

 

TRAJETÓRIA NOS MUNDIAIS

Rússia 2018: raio-X dos times que teremos de superar
Rússia 2018: raio-X dos times que teremos de superar

A Sérvia é uma equipe sólida, pouco erra.

Rússia 2018: raio-X dos times que teremos de superar

A Sérvia se classificou para seu primeiro grande torneio, em oito anos, de maneira sólida. Teve tão somente uma derrota em dez partidas na fase que disputou com outras equipes europeias. Também foi semi-finalista na Eurocopa de 2016. Seu principal problema foi o conflito entre o técnico Slavoljub Muslin, que a conduziu nessas campanhas vitoriosas, com o presidente da Federação Sérvia, Slavisa Kokeja, devido ao estilo de jogo e a escalação da seleção.
O centro-campista Milinkovic-Savic é sua estrela. Esse jogador da Lazio deverá liderar o velho e forte ataque sérvio. Um pouco mais recuado, deverá jogar o excelente Matic. Esse volante do Manchester United é considerado pelos analistas como um dos melhores europeus na Copa. Mas a estrela de seu país é o Savic.

 

 

TRAJETÓRIA NOS MUNDIAIS

Rússia 2018: raio-X dos times que teremos de superar


imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.