ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SEXTA  07    CAMPO GRANDE 22º

Em Pauta

Um pulmão tem 100 metros quadrados de tecido e pesa 1 kg

Por Mário Sérgio Lorenzetto | 17/07/2020 07:48
Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Os pulmões pesam cerca de 1,1 quilo no total e tomam mais espaço em teu peito do que você imagina. No alto alcançam o pescoço e embaixo ficam perto do esterno. Acreditamos que inflam e desinflam de forma independente, como foles, mas na verdade são bastante auxiliados por um dos músculos mais desvalorizados do corpo: o diafragma. Você já ouviu falar em um médico especialista em diafragma?


Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Genial diafragma.

Se fosse uma pessoa, o diafragma seria um gênio. É uma tremenda invenção dos mamíferos. Ao puxar os pulmões por baixo, ele amplia sua potência. O aumento da eficiência respiratória nos possibilita obter mais oxigênio para os músculos. Nos tornou mais fortes. E mais inteligentes.


Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Abomina o CO2.

Um fato interessante é que o desconforto que sentimos quando prendemos demais a respiração é causado não pela diminuição de oxigênio, mas pelo acúmulo de dióxido de carbono. Por isso a primeira coisa que fazemos após prender o fôlego é assoprar, eliminar o CO2 e não engolir oxigênio. O corpo abomina de tal forma o CO2 que somos obrigados a expeli-lo antes de nos reabastecer.


Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Respiração humana é ineficaz.

Os humanos não são bons em prender o ar. Nossos pulmões só conseguem conter cerca de 6 litros de ar, mas respiramos apenas cerca de meio litro por vez. Há margem imensa para aperfeiçoamento. O maior tempo que um humano já prendeu a respiração foi de 24 minutos, recorde do espanhol Alex Vendrell, em 2016. Comparado com outros mamíferos é muito pouco. Focas ficam debaixo da água por duas horas, para dar só um exemplo.


Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

100 metros quadrados de tecido.

Se contarmos um pulmão de acordo com a metragem de tecidos, o número é inacreditável. Um mero pulmão tem 100 metros quadrados de tecido. Se a medida for feita em vias aéreas, é ainda mais inacreditável. Um pulmão tem dois quilômetros de vias aéreas. Acondicionar tudo isso no espaço modesto de teu peito foi uma solução genial e elegante. É um intricado acondicionamento. É tão complexo que causam um monte de problemas. O que é ainda mais surpreendente é como compreendemos pouco as causas desses problemas.