A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 21 de Novembro de 2017


  • Ampla Visão
  • Ampla Visão

    com Manoel Afonso


01/06/2012 12:10

Amplavisão

Manoel Afonso

BOM EXEMPLO Na iminência da invasão alemã, a família real contraria Churchil, não vai para o Canadá; fica na Inglaterra. A filha se alista como enfermeira no Exercito e ajuda a recolher e tratar os feridos nos bombardeios nazistas.

DECEPÇÃO A ex-primeira dama Marisa Letícia usou as facilidades do poder e pediu dupla cidadania italiana. A sua justificativa: “garantir melhor futuro para seus filhos.” E como fica a confiança no amanhã de quem não tem o mesmo privilégio?

A COMPARAÇÃO das duas atitudes, em épocas/locais diferentes, leva-nos a concluir pela superioridade de conduta do povo inglês, cujas autoridades se esmeram em servir de referência e exemplo ao seu povo. Ficamos frustrados e com inveja.

‘SUJOU MANO’ Depois de Dourados e Campinhas, agora é Corumbá ocupando as manchetes por escândalos prefeiturais. Carlinhos Porto, ex-presidente da Fundação de Cultura de MS no Governo Zeca, na lista dos que foram em cana.

NÃO ACREDITO! Mas no saguão da AL a notícia corrente é que Francisco Lagos e Aurélio Cance Jr. – envolvidos no caso de Campinas – estariam tentando se inserir nas eleições prefeiturais da capital. Ousadia deles e ingenuidade dos candidatos.

FIM DA PICADA Lula fez propaganda eleitoral antecipada de Fernando Haddad no ‘Ratinho’. Evidente que a Justiça Eleitoral não viu. É parte do plano para desviar as atenções do julgamento do Mensalão. Todo mundo sabe disso.

HOLOFÓTES A dupla Chico Maia/João Grandão ignorada no evento da Embrapa no Palácio P. da Cultura. Ao contrário de Ridel (Famasul), Chico não foi convidado para compor a mesa, preferindo sair antes mesmo do final da festa.

ENQUANTO isso Azambuja e Giroto aproveitavam para marcar presença ao lado de André, Edil e o Senador Antonio Russo. Lembrando: a Embrapa ‘Gado de Corte’ foi instalada por Geisel e o ministro era o competente Paulinelli.

MARCOS TRAD insiste na absurdez da lei prevendo o afastamento de governadores antes de se julgar o mérito das acusações. Duplo prejuízo: na gerência do Governo e à própria pessoa do acusado que pode ser inocentado ao final.

O DEPUTADO de notório escopo jurídico para abordagem do tema lembra: o correto é aprimorar a PEC em andamento, retirando a exigência do afastamento do cargo. Não se pode condenar por antecipação, arrematou o parlamentar.

PIADA Mudaram os critérios para avaliar as classes sociais. Quem ganha de R$300,00 a R$1.000,00 agora é considerado da classe média, que representaria 54% da população ativa. Até minha empregada doméstica ironizou a notícia.

PERALÁ...Como avaliar quantos pés de maconha plantar para o consumo próprio? E o que falar da permissão do crack e cocaína? Se na Holanda o modelo não deu certo, imaginem aqui. Francamente: os ‘ilustres juristas’ estão delirando.

DROGAS não agregam valores sociais. Estamos na contramão da maioria dos países. Essa proposta de se descriminalizar as drogas é perigosa. Espera-se que o Congresso Nacional tenha o mínimo de juízo. As famílias agradecem.

VANTAGEM Pelo menos o novo superintendente da pesca no MS, piloto de avião Luiz Figueiró, sabe onde ficam os bons pesqueiros. É que Crivella, o pastor-senador e ministro da Pesca disse não saber nem colocar ‘minhoca no anzol.’

‘ESTRANHOS’ os critérios para nomeações em cargos públicos no país. O jornalista Lobão, por exemplo, nunca trocou a ‘resistência’ do ferro de passar roupa da mãe e virou Ministro das Energias’ por obra e graça de Sarney, aliado de Lula.

A PROPÓSITO Precisamos de 38 ministérios? Só se for para cabides. Os americanos tem só 15, o Reino Unido 17 e a França 15. Tem ministro aqui que ninguém conhece e apenas ocupa a cota partidária e de compromisso de campanha.

EFEITOS Além da falta de embocadura/ intimidade dos nomeados com os assuntos, que resulta na demora das soluções dos problemas, há outro dano: a tradição de se nomear um bando de amigos e correligionários, também neófitos.

ASSESSORES ‘Livrai-nos deles, Ó Senhor!” Parte trabalha, outra parte engana”. Insuportável mesmo é a postura mesclando arrogância/falso saber. Caso venham a se tornar chefes, eles agirão como ‘divindades intocáveis’.

INSISTO É intimidatório o cartaz exposto em repartições públicas advertindo de que ‘é crime faltar com o respeito ao funcionário’. Moral da história: o cidadão não é bem atendido e fica com medo de reclamar. Só no Brasil.

FUNCIONÁRIO é intocável? É divindade? Onde ficam os princípios da cordialidade nas relações humanas? Há muita gente amarga por aí descarregando suas frustrações no público. Que tal tentar o divã, a igreja ou então se demitir?

VERGONHOSA a polêmica envolvendo advogados/clientes que tem ocupado páginas de jornais, TV e sites da capital. O cidadão leigo fica com a imagem tenebrosa do universo da justiça. E que tal criar o ‘advogado ficha limpa’? De leve...

CONVENHAMOS A imagem da justiça brasileira deixa a desejar. Pelas pesquisas não tem a mesma confiabilidade da Igreja junto à opinião pública. Esse episódio do Lula-Jobim-Gilmar Mendes mostra o fundo do poço que chegamos.

“Vamos montá um programa de entrevista, Lula?” (Ratinho)

Falta honra, sobra esperteza na política
‘HONRA’ Vem do latim ‘honor’, sinaliza a própria dignidade de uma pessoa que pauta seu modo de vida nos ditames da moral. Para o jurista italiano Adr...
Política, um elevador com pegadinhas
RICARDO AYACHE Descendente de libaneses de boa cepa, o presidente da Cassems segue a filosofia ‘tudo a seu tempo’. Mesmo assediado por lideranças par...
Sobram leis, falta sensibilidade!
ESSE PAÍS... Na infância plantei café, colhi algodão, engraxei sapatos, vendi frutas e velas em cemitério. Experiências positivas. Lendo a notícia de...
Política, só para os profissionais?
DEFINIÇÕES de história: “A história é uma puta. Sempre fica bem quem paga melhor” ( Gal Juan D. Peron) “A história é um conjunto de mentiras sobre as...


O pedido de dupla cidadania italiana da ex-primeira dama Marisa Letícia para garantir melhor futuro para seus filhos me faz acreditar que muitos de nossos governantes são desprovidos de patriotismo e nem acreditam num melhor futuro de nosso país. Mais se parecem com aves de rapina que ainda catam o que podem e levam embora.
 
Pedro Rafael em 07/06/2012 01:11:19
Manoel Afonso parabéns pela exposição clara!
E como fica o Athayde que denúnciou o então sec. de obras de Puccinelli por corrupção, no escandalo do lixogate?
Denunciou e depois vai apoiar?
Quero ver essa!
 
Márcio Santos em 06/06/2012 08:30:27
Em tempo. O nobre colunista Manoel Afonso esqueceu de lembrar que o ex-presidente da Fundação de Cultura do governo Zeca, começou na vida pública assessorando o governador André Puccinelli, quando este foi deputado. Como diz o velho ditado "O primeiro professor(a) a gente nunca esquece". De leve!!!
 
Paulinho Barbosa em 02/06/2012 11:11:21
Finalmente uma coluna com quase todo acertado. Só não sei porque dar razão ao evento da Embrapa onde pelo jeito deixaram um representante da classe fora da mesa e colocaram um engenheiro civil, e pior: politico tentando se eleger, que nada tem a ver com gado de corte na mesa.
 
Marcos da Silva em 02/06/2012 09:45:02
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions