ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SEXTA  01    CAMPO GRANDE 23º

Momento Saúde Bucal

5 erros mais frequentes na higiene oral

Por Marco Polo Siebra (*) | 01/02/2022 16:30

Hoje falaremos sobre 5 erros mais frequentes na higiene oral, ou seja, na escovação dos dentes.

1º erro: Achar que a escova de dente é a única forma de higienizar dos dentes e não é. É necessário também utilizar o fio dental, ele é tão importante quanto a escovação dos dentes.

2º erro: A escolha da escova de dente. A mais adequada para a escovação tem que ter cerdas planas, macia ou extra macia, para que elas possam limpar corretamente a superfície do dente. E outro detalhe importante é a posição da escova, ela tem que estar num ângulo de 45° com a gengiva, aí temos que fazer a escova vibrar e girar para cima em direção do dente.

3º erro: Força. Não é necessário colocar força na escovação, quando você coloca força, ou melhor, quando você aperta a escova nos dentes as pontinhas das cerdas que vão limpar o dente, elas vão dobrar perdendo efetividade da escovação.

4º erro: Não escovar a língua. É importantíssimo escovar a língua ou passar o raspador de língua, porque é uma região de muito foco de placa bacteriana, de bactérias. Vamos colocar a língua para fora e escovar ela também, você vai perceber que irá sentir mais o gosto dos alimentos.

5º erro: Este sei que muita gente negocia, mas não deveria, é a escovação antes de dormir, esta é super importante, porque você passará horas com a boca fechada. Fazer, comeu ou bebeu qualquer coisa e aí vai para cama dormir, não é legal. Posso assegurar o que resultado vai ser negativo. Neste momento é imprescindível a higiene oral no capricho, passar o fio dental, escovar os dentes sem fazer força e finalizar com o raspador de língua, aí sim você está fazendo a verdadeira higiene oral.

E finalizando as dicas de hoje, ir ao seu dentista no mínimo de 6 em 6 meses. Ok? Qualquer dúvida, me manda um direct lá no Instagram: @marcopolosiebra.

(*) Marco Polo Siebra é Odontólogo ha mais de 28 anos, Especialista em: Prótese Dentária; Odontogeriatria; Implantodontia. É Master Coach Pela FEBRACIS (Federação brasileira de Coaching Integral Sistêmico), Ministrante dos Cursos: Pode da Ação; Poder e Alta Performance; Jeito de Viver Família; Educar, Amar e Dar limites; Decifre e Influencie Pessoas; Coach de Carreira; Analista de Perfil Comportamental; Processo de Coaching Individual; Processo de Coaching em Grupo; Cursando uma Pós Graduação em “Neurociência e Performance Humana” na Faculdade FEBRACIS. Hoje tem como principal missão impactar e transformar pessoas de forma que concretizem seus objetivos em todas as áreas da vida. É Tesoureiro voluntário da ABRAz/MS (Associação Brasileira de Alzheimer e Demências Similares - Regional MS) e Diretor da Associação Pestalozzi de Campo Grande/MS.

Nos siga no Google Notícias