ACOMPANHE-NOS    
NOVEMBRO, SEGUNDA  29    CAMPO GRANDE 22º

Conteúdo Patrocinado

Abrasel: 350 apresentações musicais agitam o setor gastronômico

Por Post Patrocinado | 22/11/2021 09:00
Foto Divulgação
Foto Divulgação

Com a proposta de fomentar a gastronomia e a classe artística, ambos setores mais atingidos pela pandemia, o Festival Gastronômico e Musical – Descubra Campo Grande, realizado pela Abrasel MS – Associação Brasileira de Bares e Restaurantes de Mato Grosso do Sul, em parceria com a Prefeitura de Campo Grande e o Sebrae, é sucesso de público.

As apresentações musicais gratuitas para a população acontecem durante todos os dias da semana, tanto no horário do almoço, quanto noturno, movimentando mais de 90 bares e restaurantes e dando oportunidade de trabalho e renda para mais de 350 artistas. A agenda está disponível no site descubracg.campogrande.ms.gov.br

De acordo com o presidente da Abrasel MS, Juliano Wertheimer, o Festival tem superado as expectativas. “Estamos com uma boa adesão tanto de estabelecimentos, quanto de artistas e isso contribui com a retomada econômica do setor. Além disso, coloca de volta ao mercado os artistas, que assim como nosso setor, também sofreram com os impactos da pandemia”.

Foto Divulgação
Foto Divulgação

“Temos recebido um feedback muito positivo do público, com vários elogios pela qualidade musical e gastronômica”, enfatizou Juliano que também reforçou que o objetivo do Festival Descubra CG de gerar maior fluxo nos negócios está sendo alcançado.

O Sebrae MS é um dos apoiadores do evento, propiciando a formalização dos músicos por meio do microempreendedor individual (MEI), apoiando o processo de emissão de nota para que os profissionais possam receber os cachês, além de reforçar o protocolo de biossegurança junto aos bares e restaurantes. “O Sebrae trabalha com todos os pequenos negócios do Brasil, então apoiar os pequenos negócios da Economia Criativa é necessário, porque são atividades fundamentais para a geração de emprego e renda para as pessoas”, pontuou Claudio Mendonça, diretor-superintendente do Sebrae/MS.

A cantora Kelly Ramos lembrou que os que os artistas mais querem é poder trabalhar. “Música é profissão, sustentei meus filhos e netos através do meu trabalho. Ainda não tinha visto isso em nenhum lugar do Brasil, um festival de música abrangendo tantos colegas músicos e estabelecimentos. A gente precisa disso. Não precisamos de auxílio, precisamos de condições de trabalho. Vamos nos profissionalizar”.

Para o secretário municipal de Cultura e Turismo, Max Freitas, o festival é uma tentativa de retomar gradualmente as ações presenciais. "Os comerciantes que trabalham com gastronomia, assim como os músicos e artistas, em geral, sofreram muito com a pandemia. O festival gastronômico e musical vem para auxiliar a retomada destes setores que tanto foram afetados com as restrições da COVID-19", afirma ele.

Os empresários também aprovaram a iniciativa da Abrasel MS, com apoio do Sebrae e da Prefeitura de Campo Grande. Bruna de Costa, da Pizzaria Dom Pauligi, lembrou que o Festival tem sido uma ótima oportunidade de retomada. “Ofertar as atrações artistas para os estabelecimentos têm contribuído para atrair os clientes e isso é fundamental neste momento, em que precisamos movimentar nossas empresas”.

Foto Divulgação
Foto Divulgação
Foto Divulgação
Foto Divulgação


Nos siga no Google Notícias