ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, SÁBADO  15    CAMPO GRANDE 22º

Conteúdo Patrocinado

FETEMS divulga ranking salarial de professores(as) em municípios de MS

Federação e os 74 SIMTEDs parabenizam quem paga Piso Nacional e reitera cobrança aos prefeitos(as) em dívida

Post Patrocinado | 13/05/2024 08:00
Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Aos lado dos 74 SIMTEDs, a FETEMS (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul) parabeniza os municípios que pagam o Piso Nacional dos (as) Professores (as), mas também cobra respeito de prefeituras que ainda estão em dívida com a Educação Pública de MS.

Com o intuito de conscientizar os (as) administradores (as) municipais, a FETEMS divulga neste 13 de maio o ranking com os valores pagos em 2024 aos educadores(as) do Magistério na rede estadual e nas redes municipais.

Os municípios que aparecem nesta publicação e apresentam um valor menor que R$ 4.580,57 estão desrespeitando na íntegra a Lei N. 11.738/2008, que criou o Piso Salarial Nacional.

A luta e a cobrança da FETEMS e dos 74 SIMTEDs é que os (as) prefeitos (as) que ainda não cumprem o Piso dos (as) Professores (as) e não respeitam a carreira da categoria e o 1/3 de hora-atividade, negociem e cumpram o que determina a Lei N. 11.738/2008, estabelecendo a data retroativa de 1º de janeiro de 2024.

A sociedade cobra os (as) prefeitos (as) que ainda não cumprem o Piso Nacional dos (as) Professores(as) que valorizem a Escola Pública e cumpram a lei da mesma forma que a população cumpre suas obrigações pagando seus impostos em dia.

VEJA QUAIS MUNICÍPIOS MAIS VALORIZAM A FORMAÇÃO DOS (AS) PROFESSORES(AS) NA CARREIRA (nível superior).

Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

A FETEMS e os 74 SIMTEDs reiteram a cobrança no cumprimento por parte dos (as) gestores (as) municipais da Lei N. 13.005/2014, Plano Nacional de Educação, Meta 17 que prevê: VALORIZAR os (as) Profissionais do Magistério das Redes Públicas de Educação Básica de forma a equiparar seu rendimento médio aos dos (as) demais profissionais com escolaridade equivalente.


A Qualidade da Educação Pública passa também pela Valorização Profissional!

Nos siga no Google Notícias