ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, TERÇA  19    CAMPO GRANDE 25º

Conteúdo Patrocinado

Reformas da ETA Guariroba ampliam ação de tratamento de água para Campo Grande

Por Post Patrocinado | 30/11/2020 07:00
Foto Divulgação
Foto Divulgação

A Águas Guariroba vem realizando ações de ampliação direcionadas à produção de água através de melhorias de suas Estações de Tratamento de Água (ETA) em Campo Grande. Desde o ano passado, a concessionária vem desenvolvendo um cronograma de reforma das estruturas de cada ETA, trazendo melhorias para o sistema de produção e tratamento de água. Entre as obras mais recentes, estão as reformas dos decantadores da ETA Guariroba, responsáveis pela separação de resíduos sólidos contidos na água bruta durante o processo de tratamento.

 Para o coordenador de produção de água da ETA Guariroba, Fabrício Gonçalves Gusmão, as reformas visam a segurança operacional das etapas de tratamento de água garantindo a qualidade da água que chega nos imóveis em Campo Grande. “Iniciamos as reformas nas etapas de floculação que são os tanques onde a água passa por um processo de tratamento para a formação de flóculos e depois a separação desses resíduos sólidos pelos decantadores. O objetivo é preservar de maneira preventiva as estruturas que integram o tratamento de água e garantir a excelência no abastecimento de água”, destaca Fabrício.

Foto Divulgação
Foto Divulgação

Ainda seguindo o cronograma de melhorias, as Estações de Tratamento de Água (ETA) Guariroba e Lageado da Águas Guariroba também receberam novos equipamentos para o processo de tratamento de água em Campo Grande. Cada estação passa contar com um gerador responsável pela produção de hipoclorito de sódio, utilizado no processo de tratamento. Com os novos geradores, a produção do hipoclorito torna-se imediata e sem a necessidade de aquisição externa, deixando mais dinâmicas as etapas de tratamento de água.

Atualmente o hipoclorito utilizado para o processo de cloração nas Estações de Tratamento de Água, devido à condições climáticas, apresenta perda de 2% de concentração por semana, fazendo com que haja um aumento na dosagem do produto por dia, ocasionando assim maior consumo e custo.

Foto Divulgação
Foto Divulgação

Com os geradores próprios, as estações ampliam a segurança operacional nas etapas de tratamento, bem como economia e otimização de logística, já que a substância era adquirido externamente. O hipoclorito é utilizado nas etapas iniciais e finais de tratamento e são responsáveis pela retirada de microrganismos da água.

 “Os novos geradores de hipoclorito garantem mais autonomia e segurança nas etapas de tratamento de água em cada estação. Dessa forma a concessionária diminui riscos operacionais, já que o hipoclorito utilizado dependia de logística de transporte chegando a trazer cerca de 30 toneladas da substância e também reduz os custos de operação”, afirma Fabrício.

Com um volume diário de água tratada de 114 mil m³, além dos geradores de hipoclorito a ETA Guariroba também reformou os filtros da estação de tratamento. As obras consistem na reforma total dos filtros, onde são substituídos todos os materiais e estruturas por materiais mais modernos com melhor performance de filtração e mais qualidade.

Nos siga no Google Notícias