ACOMPANHE-NOS    
JULHO, TERÇA  07    CAMPO GRANDE 20º

Conteúdo Patrocinado

Semana do MEI começa no dia 20 com mais de 140 ações no estado

Iniciativa do Sebrae conta com atendimento gratuito sobre formalização e regularização, além de palestras de gestão.

Por Post Patrocinado | 15/05/2019 08:30
(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Dos dias 20 a 24 de maio, acontece em todo o Brasil a Semana do MEI, evento do Sebrae direcionado a quem deseja se tornar um microempreendedor individual ou aprimorar o próprio negócio já existente. A programação conta com mais de 140 ações em 15 municípios de Mato Grosso do Sul, entre atendimento tira-dúvidas gratuito – presencial e online (Fale com um Especialista) – sobre formalização e regularização; orientação empresarial em temas de gestão e palestras variadas.

Em Campo Grande, serão 21 atividades de segunda a sexta-feira, durante manhã, tarde e noite, realizadas na sede do Sebrae (Av. Mato Grosso, 1661). Quem participar poderá esclarecer os principais pontos sobre formalização, declaração anual, parcelamento de dívidas, dentre outras informações sobre as regras e os benefícios do MEI. A programação completa está disponível no Portal do Sebrae Mato Grosso do Sulms.sebrae.com.br.

“O MEI na maioria das vezes é a porta de entrada para quem deseja realizar o sonho de ter o próprio negócio. E essa semana que virá é uma mostra do trabalho que temos feito todos os dias para levar conhecimento a este público, de modo que possam agir na legalidade, crescer e contribuir para o desenvolvimento do país”, afirma Cláudio Mendonça, superintendente do Sebrae/MS.

Segundo dados do Portal do Empreendedor, existem 116 mil MEIs em Mato Grosso do Sul; deste total, 50 mil estão em atividade na capital.

MEI

Para ser um microempreendedor individual é necessário faturar o máximo R$ 81 mil no ano (média mensal de R$ 6.750, que deve ser calculada de acordo com o mês em que foi feita a formalização) e não ter participação em outra empresa como sócio ou titular. Pode-se ter um empregado contratado que receba o salário mínimo ou o piso da categoria.

O MEI é automaticamente enquadrado no Simples Nacional e está isento dos tributos federais (Imposto de Renda, PIS, Cofins, IPI e CSLL). Assim, paga apenas o valor fixo mensal de R$ 49,90 (Comércio ou Indústria), R$ 54,90 (Prestação de Serviços) ou R$ 55,90 (Comércio/Indústria e Serviços juntos) - destinado à Previdência Social e ao ICMS ou ao ISS -; montante atualizado anualmente, conforme o salário mínimo.